Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > diversão > casa e decoração
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
CASA E DECORAÇÃO

Veja a forma de iluminar o home office para ter rotina produtiva

É importante escolher bem uma luminária e fazer um bom jogo de luzes

Redação iBahia • 03/04/2022 às 1:00 • Atualizada em 28/08/2022 às 4:25 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!
Foto: Reprodução / Canva

Desde o começo da pandemia, é essencial ter um espaço confortável para trabalhar em casa, e a iluminação interfere na concentração e no rendimento. Sendo assim, é importante escolher bem uma luminária e fazer um bom jogo de luzes. Saiba qual acessório se adequa melhor ao seu espaço e como ajustá-lo de acordo com as necessidades do dia a dia.

Luminária de mesa: além de charmosas e disponíveis nos mais variados estilos, essas peças de apoio também são portáteis e funcionais. Afinal, basta conectá-las na tomada para usá-las. Os modelos flexíveis ou dobráveis proporcionam ainda mais conforto visual aos usuários, sendo bem-vindos em todos os lugares da casa ou até mesmo para levar ao escritório, para quem trabalha de forma híbrida. Elas devem ser colocadas atrás ou ao lado dos monitores e mesas de trabalho (sempre com uma distância mínima, para evitar reflexos e ofuscamentos).

Luminárias de teto: trilhos com spots, lustres, pendentes e outros modelos de iluminação de apoio também são úteis para atividades de trabalho e estudo por complementarem a luminosidade em pontos específicos. O tamanho do cômodo, assim como o gosto pessoal do morador, vai determinar a quantidade de pontos de luz e a localização de cada um deles.

Temperatura de cor: a cor mais indicada para trabalho e estudos é a neutra (4000K), pois estimula a concentração. No entanto, a combinação entre luz neutra para a iluminação geral e luz quente (2700K a 3000K) para alguns pontos de apoio (como abajures e arandelas de canto) também pode trazer um clima descontraído, que pode estimular a criatividade.

Equilíbrio: o ideal é haver um equilíbrio entre a luz natural e a artificial durante as atividades para trazer conforto de maneira eficiente e funcional, mas sem esquecer da sustentabilidade. Portanto, a dica é aproveitar ao máximo a luminosidade natural do ambiente e, então, complementar com as luzes artificiais nos momentos necessários.

Dimerização: o ajuste da intensidade da luz cria ambientações de atenção ou relaxamento. Portanto, investir em peças dimerizáveis ou automatizadas é uma boa dica.

Leia mais sobre Casa e Decoração em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias

Leia mais:

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM CASA E DECORAÇÃO :

Ver mais em Casa e Decoração