Conheça cidades do interior Bahia que são berço de famosos


Ilhéus, terra de Jorge Amado também tem outros nomes ilustres como os atores Fabio Lago, Geraldo Del Rey, Ilya São Paulo e Arlindo Barreto. Fábio Lago, por exemplo em entrevista, disse sobre o lugar: “Aqui eu vou, eu volto, eu vou e volto”. Cidade Litorânea, o local oferece a pesca como um dos hobbies disponíveis, e para Lago, essa prática era constante, bem como a vida cultural da cidade, da qual ele tem boas lembranças. “O Teatro Municipal de Ilhéus é minha segunda casa”, relata o global.

Santo Antônio de Jesus, a 150 quilômetros de Salvador, é a terra do ator Luis Miranda, que atualmente compõe o elenco da novela ‘Geração Brasil’. A cidade é considerada a “capital do Recôncavo” por ser um forte ponto comercial da região. Grandes eventos são realizados na cidade como o São João e micaretas.

Itabuna é a cidade do ator e apresentador Jackson Costa. A cidade, vizinha a Ilhéus, está situada na região cacaueira. É o centro regional do comércio. Conta-se que, na verdade, o escritor Jorge Amado nasceu ali. O local é  tranquilo, destino para aqueles que querem descansar e relaxar. Outra boa opção são as praias, que estão a  26 quilômetros do centro.

Vitória da Conquista, onde nasceram os irmãos o cineasta Glauber Rocha e a atriz Anecy Rocha, é conhecida como grande caldeirão intelectual e também como a cidade de estudantes universitários. Além de possuir uma das temperaturas mais amenas do estado baiano, é ainda dona de um dos PIBs que mais crescem no país.

Mundo Novo, conhecida pela sua famosa festa de São Pedro, é a cidade da atriz Isabella Cerqueira Campos. Ela foi considerada uma das musas do Cinema Novo, com sua atuação no filme ‘O Desafio de Capitu’, marcando uma época. O município, distante quase 300 quilômetros da capital, fica na microrregião de Itaberaba, vizinho a Baixa Grande, Piritiba, Mairí, Ruy Barbosa Macajuba, Tapiramuta e Utinga.

Senhor do Bonfim é a cidade do comediante Luiz França, figurinha fácil no programa de Faustão, que garante risadas certas. O tradicional São João é um dos pontos altos do local, inclusive, considerado uma das capitais do forró e conhecido em todo o Brasil. Até hoje a população preserva a cultura de acender fogueiras na frente das casas para saudar o santo junino.

Cachoeira, terra da Irmandade da Boa Morte, de importância cultural e histórica inquestionável. É terra do ator, cantor e bailarino Mário Gusmão. Primeiro ator negro formado pela Universidade Federal da Bahia e com louvor. Começou a vida como servente, foi preso pelo regime militar, autodidata, falava fluentemente inglês e foi precursor do movimento negro em Ilhéus, sendo inclusive reverenciado por Jorge Amado. Morreu de câncer, pobre, na Avenida Peixe, no bairro da Liberdade.  

Nazaré das Farinhas foi onde nasceu Juvemário de Oliveira Tupinambá, o Mário Tupinambá, da Escolinha do professor Raimundo, e que foi eternizado com as tiradas “Camarão é sua mãe e ‘Veeeeenhaa!”. A cidade é conhecida pelo Ecoturismo, com trilhas por engenhos, alambiques, usina hidrelétrica e cachoeiras.

Marlene França, atriz que foi descoberta na feira, é da capital do bode: Uauá. Por lá, até Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, passou pela cidade. Foi lá, a primeira batalha da Guerra de Canudos. Além do São João, a cidade tem um evento relevante em agosto, a exposição de caprinos e ovinos, que reúne empresários e turistas.

Tucano, no interior da Bahia, é a “mãe” de Othon Bastos. O ator global é um dos filhos ilustres da cidade. Uma curiosidade é que, ao contrário da maioria dos municípios baianos,  o lugar não herdou a influência afro; sua população é predominantemente formada por brancos e indígenas. Há quem diga que a influência étnica do município é dada pelos holandeses, que permaneceram na região depois da guerra pela disputa da região.
 

Jequié tem Zéu Britto e Ana Cecília Costa como filhos ilustres. A cidade já foi capital da Bahia, entre 1911 e 1912. Também foi o lugar que mais recebeu imigrantes italianos, na época do Brasil-Colônia, mas infelizmente os costumes não foram preservados.

Em Irecê nasceu a atriz Regina Dourado, vitimada pelo câncer em 2012. Apesar de estar na região da Chapada Diamantina, a cidade não tem as impressionantes paisagens da região. O ponto alto é o São João, período em que ganha um colorido especial.