Como forma de represália, Lyoto Machida encara Dan Henderson


Lyoto está mais longe do cinturão

O Brasileiro Lyoto Machida ficou mais longe do cinturão de campeão dos meio-pesados. o motivo foi o de não ter aceitado lutar com Jon  Jones no card principal do UFC 152. A negativa do lutador irritou o presidente da categoria, Dana White.

“Machida devia ter aceitado aquela luta. Como vemos, a história sempre se repete. Olhem quanto tempo o Rashad demorou para ter a chance de disputar o cinturão de novo. Ele queria enfrentar o Jon Jones e não aceitou a luta. Agora terá de enfrentar Dan Henderson. Agora, não terá a disputa de cinturão e se perder para o Henderson, não estará nenhum pouco perto de Jon Jones.” disse Dana.

Após vencer Ryan Bader, Lyoto se tornou o top contender número 1 e enfrentaria o vencedor do duelo entre Jon Jones e Henderson, porém o veterano se lesionou e Machida não aceitou lutar com o americano alegando pouco tempo para preparação.

“Você tem de aproveitar as oportunidade quando elas aparecem. Você tem de pegar a disputa de cinturão, o máximo dinheiro que você pode fazer com uma luta, o maior adversário que você pode ter. E se você ganha, você muda todo o mundo em uma única noite”, completou Dana.

Leia mais notícias sobre esportes