E agora Dunga? Futebol chinês pode modificar base da Seleção


GOALNão são apenas os clubes brasileiros que estão perdendo seus principais jogadores para o futebol chinês. A Seleção Brasileira também ganhou dor de cabeça extra.Com Ricardo Oliveira, Alex Teixeira, Ramires, Renato Augusto, Diego Tardelli, Everton Ribeiro, e tantos outros atletas na China, o técnico Dunga avisou recentemente que deseja manter a base que conseguiu dois bons resultados no início de novembro, ao empatar por 1 a 1 com a Argentina, e vencer o Peru por 3 a 0, em Salvador.

Foto: Rafael Ribeiro/ CBF

A próxima convocação será no dia 3 de março, para os duelos contra Uruguai (dia 25) e Paraguai (dia 29), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. No entanto, parece que não vai ser assim tão simples escolher os nomes, e a sua base está um pouco ameaçada.Apesar de já ter pedido mais esforço e cuidados se estes jogadores quiserem manter seus lugares na Seleção, Dunga deve saber que o rendimento desses atletas cairá.Gil e Renato Augusto, por exemplo, estão hoje no futebol chinês, mas foram titulares nos dois últimos jogos. No entanto, o caso deles dois não traz tanta preocupação. A respeito do zagueiro, há outras opções para o treinador, já que temos o luxo de deixar Tiago Silva de fora. Quanto ao meia, seus problemas constantes de lesão já o poderia tirar da seleção. Não dá para fazer um planejamento.Assim, agora o treinador pode dar mais oportunidades e olhar para os jogadores que antes não dava tanta atenção. Casos de Roberto Firmino, do Liverpool, Danilo, do Real Madrid, e o lateral Filipe Luis, do Atlético de Madrid, que começaram 2016 muito bem em seus clubes.Enquanto o Brasil está exportando jogadores para a China, a Argentina….A China seduziu os jogadores brasileiros, mas parece que os argentinos que atuam na Europa não se abalaram. Os principais atletas permaneceram no continente, com exceção de Ezequiel Lavezzi, que aceitou a proposta do Hebei Fortune e deixou o PSG.Assim, o técnico da seleção argentina não precisa se preocupar com as suas estrelas, e o maior rival do Brasil sai ainda mais na frente pela melhor equipe.