Trauma

Jovem agredido por torcedores do Vitória diz ter sido confundido: ‘Achei que ia morrer ali mesmo’

Barbeiro Reinaldo, de 21 anos, estava usando uma camisa de um campeonato intermunicipal de Itamaraju

Redação iBahia
18/07/2022 às 13h29

2 min de leitura
Foto: Reprodução / TV Bahia

O homem agredido por integrantes de uma torcida organizada do Vitória no domingo (17), antes do jogo do Rubro-negro com o Paysandu, contou que foi confundido e que temeu pela própria vida ao ser cercado na Avenida São Rafael, próximo ao Barradão.

O barbeiro Reinaldo, de 21 anos, estava usando uma camisa de um campeonato intermunicipal de Itamaraju. Em entrevista à TV Bahia, ele afirmou que voltava do trabalho quando foi parado pelos membros da organizada.

“Fui confundido com torcedor da Bamor ou da organizada do Paysandu, não sei”, disse. “Foi tudo muito rápido. Vieram quatro rapazes, nem consegui olhar pra cara deles, me seguraram, olharam a camisa que eu tava usando e depois veio a multidão toda. Os quatro me seguraram, não dava nem pra mim correr”, disse Reinaldo à TV Bahia. “Tenho que agradecer a Deus por estar aqui hoje”.

O jovem revelou ainda que é torcedor do Vitória. “Não sou de torcida organizada nenhuma. Acompanho os jogos do Vitória. Eles nem perguntaram nada, só vieram me batendo”, acrescentou.

Reinaldo afirmou que está se recuperando fisicamente, mas psicologicamente ainda está “abatido, meio triste”.

Em nota, o Vitória lamentou o caso e afirmou que repudia a agressão. “A diretoria condena o ato e entrega a apuração do fato às autoridades de segurança do Estado”, afirmou o clube.

Leia mais sobre Esporte no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias