Médicos devem implantar microchip no cérebro de Schumacher


Michael Schumacher sofreu acidente grave em dezembro

Internado em uma clínica de reabilitação em Lausanne, na Suíça, Michael Schumacher ainda se comunica apenas através dos olhos. Sem conseguir falar ou se mexer após o grave acidente de esqui que sofreu em dezembro, que o deixou por seis meses em coma profundo, o ex-piloto pode recorrer à ajuda da tecnologia para acelerar a sua recuperação.

De acordo com informações da imprensa suíça, os médicos croatas Darko Chudy e Vedran Deletis estão desenvolvendo um microchip para implantar no cérebro do alemão. O objetivo é que ele consiga voltar a falar e andar durante o processo de recuperação. 
A clínica de reabilitação do ex-piloto também trabalha na criação de uma cadeira de rodas especial que tem seus movimentos controlados através da boca. A perspectiva é que ela já seja usada por Schumacher em agosto.

Matéria original: Correio24
Médicos devem implantar microchip no cérebro de Schumacher