Ricardo Silva rebate queixas de lateral e diz: "o treinador sou eu"


Robson Mendes/Arquivo CorreioO duelo contra o Grêmio escancarou uma ruga entre Ricardo Silva e Egídio. Autor do gol contra que deu o empate aos gremistas (1 a 1), o lateral esquerdo foi substituído por Rafael Cruz durante o segundo tempo e saiu resmungando do gramado. Na coletiva após o jogo, questionado sobre as queixas de Egídio, o treinador respondeu sem pestanejar: “problema dele”.

De acordo com Ricardo Silva, o lateral não seguiu as orientações passadas e acabou interferindo de maneira direta no resultado no estádio Olímpico. “Eu pedi para ele sair pelo fundo, mas ele foi pelo meio. Eu disse que se ele fizesse isso, eu o tiraria. Ele fez. Então eu o tirei”, explicou o comandante.

A despeito de qualquer justificativa dos seus jogadores, Ricardo Silva deixou claro que tem o comando do elenco. “O treinador sou seu. E tiro quem eu acho que tem que sair”, bradou. Com o empate, o Vitória permanece na 14ª colocação, mas com nove pontos. O próximo duelo é no sábado (18), contra o São Paulo, no Barradão.