Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > fervo das cores
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Veja lista

5 músicas de artistas baianas que celebram o Dia do Orgulho

O iBahia fez uma lista com cinco músicas de artistas baianas para você celebrar o Dia do Orgulho

Nathália Amorim • 28/06/2024 às 13:59 • Atualizada em 29/06/2024 às 16:37 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

É celebrado, nesta sexta-feira (28), o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+. A data coloca em evidência a diversidade, a luta por direitos e a igualdade da comunidade gay. Na Bahia, artistas apoiadores da causa já lançaram músicas com temática LGBTQIAPN+, falando do amor em todas as suas formas.


				
					5 músicas de artistas baianas que celebram o Dia do Orgulho
O iBahia fez uma lista com cinco músicas de artistas baianos para você celebrar o Dia do Orgulho. Canva Fotos

O iBahia fez uma lista com cinco músicas de artistas baianas - Alinne Rosa, Daniela Mercury, A Travestis, Majur e Sambaiana - aliadas da causa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

"O Vale" - Alinne Rosa

Aliada da causa, Alinne Rosa lançou em 2018 uma das músicas que se tornaria uma das mais marcantes da carreira: "O Vale". A canção, que também deu origem ao nome do bloco dela no Carnaval de Salvador, é um grito de liberdade a poder amar quem quiser.

"Quando vejo te desejo, quero um gole do seu beijo. Vamo logo repetir, bota o mel em minha boca, a galera já tá louca, aqui o lema é permitir (...) Aqui nada é pecado, a alegria é geral (...) Eu tô no vale, eu tô no Vale!".

"Proibido o carnaval" - Daniela Mercury

Daniela Mercury, lésbica, vem se posicionando desde que assumiu o relacionamento com a jornalista Malu Verçosa. Em 2019, a cantora lançou a música "Tá proibido o Carnaval", com participação de Caetano Veloso, onde fez menção à liberdade sexual e quebra de tabus impostos pela sociedade. Trecho de destaque:

"Abra a porta desse armário que não tem censura para me segurar. Abra a porta desse armário, que alegria cura. Venha me beijar. Abra a porta desse armário que não tem censura para me segurar. Abra a porta desse armário, que alegria cura, venha me beijar. Está proibido o Carnaval, nesse país tropical, está proibido o Carnaval, nesse país tropical".

"Murro na Costela do Viado" - A Travestis

Apenas a existência de Tertuliana Lustosa, A Travestis, no mercado musical já é algo a se celebrar no cenário LGBTQIAPN+. Sucesso nos paredões, quando lançou a música "Murro na Costela do Viado" se tornou um dos símbolos de luta pela causa e posicionamento.

"Náufrago" - Majur feat Hiran

Majur usa sua voz para defender e apoiar a causa trans, assim como a sua música. Em 2018, ela lançou a canção "Náufrago", com participação de Hiran, em que fala da importância de se encontrar e se abrir para o outro. Foi a primeira canção composta por Majur.

"Deixa eu colorir suas paredes brancas, desvendar as dobras do seu coração de papel. Mel, veneno mortífero, ingênuo. Menina, você veio do céu. Deixa eu colorir suas paredes brancas, desvendar as dobras do seu coração de papel. Deixa eu entrar florir. Fluir uma chance. Se deixa ir, eu, deixa colorir. Colore com a caneta do meu eu. Deixa fluir".

"Mais Bonita da Cidade" - Sambaiana feat A Dama

Liderada pela cantora Ju Moraes, a banda Sambaiana canta com A Dama essa música que expressa o amor entre duas mulheres. Trecho de destaque:

"Minha neguinha, teu cheiro tá grudado em mim. Tô contando os dias, pra “cê” também grudar assim. Minha neguinha, teu cheiro tá grudado em mim. Tô contando os dias, pra “cê” também grudar assim. Chega aqui bem perto que eu vou te contar. O que aconteceu desde o primeiro olhar. Que miragem, nem parecia de verdade. Na minha frente estava a mais bonita da cidade".

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM FERVO DAS CORES :

Ver mais em Fervo das Cores