Mundo

Árbitro gay desiste da carreira aos 21 anos

Jesús Tomillero era constantemente xingado durante os jogos que apitava

Redação iBahia
11/05/2016 às 9h02

1 min de leitura
Cansado de ouvir insultos homofóbicos vindos das arquibancadas, o árbitro espanhol Jesús Tomillero, assumidamente homossexual, desistiu da carreira aos 21 anos, de acordo com o jornal inglês ‘The Sun’.
Foto: Reprodução/Twitter
O último episódio de homofobia aconteceu no sábado, quando Tomillero apitou a partida de juvenis entre Recreativo Portuense Fútbol Club Base e San Fernando Club Deportivo Isleño, na Espanha. Após marcar um pênalti para uma das equipes, o árbitro passou a ouvir insultos de alguns torcedores. Ele registrou um boletim de ocorrências na delegacia e relatou o episódio na súmula.
Em março, durante um jogo da categoria infantil entre Peña Madridista Linense e Mirador de Algeciras, o juiz foi confrontado por um encarregado do material de uma das equipes por não ter marcado um suposto impedimento. “Você é uma bicha”, ouviu Tomillero.