Kevin Spacey é inocentado em processo civil no qual era acusado de abuso sexual


Foto: Reprodução / YouTube

Kevin Spacey foi inocentado pelo júri do processo civil no qual era acusado de abuso sexual. O resultado saiu na quinta-feira (20), após menos de 90 minutos de deliberação, segundo NBC News.

A ação era movida pelo também ator Anthony Rapp, que pedia US$ 40 milhões em danos por agressão e causa intencional de sofrimento emocional.

Rapp, de 50 anos, acusava Kevin Spacey de fazer uma abordagem sexual indesejada contra ele em 1986, quando ele tinha 14 anos e o ator 26.

Em depoimento, Spacey negou a acusão e disse que nunca esteve sozinho com Rapp. O advogado do ator, Richard Steigman, no entanto, insistiu ao júri que não acreditasse no relato de Kevin sobre os eventos. “É inconsistente. Não é digno de sua crença”, disse Steigman durante os argumentos finais.

A advogada de Spacey, Jennifer Keller, disse durante seus argumentos finais que a história de Rapp é uma invenção. “Estamos aqui porque o Sr. Rapp alegou falsamente um abuso que nunca ocorreu em uma festa que nunca foi realizada em uma sala que não existia.”

O julgamento do processo civil começou no dia 6 de outubro. Em 2017, a carreira de Spacey sofreu um grande baque após as primeiras denúncias de má conduta sexual nos primeiros dias do movimento #MeToo. Ele pediu desculpa na época, mas negou qualquer má conduta.

Leia mais sobre Mundo no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.