Professor pode perder o emprego por ter dito 'vagina' em aula


Um professor de biologia de uma escola de ensino médio de Idaho, nos Estados Unidos, está sendo investigado por uma comissão do Departamento Estadual de Educação por ter dito “vagina” durante uma aula sobre anatomia e reprodução humana. De acordo com o “Magic Valley News”, quatro pais de alunos fizeram reclamação formal à escola depois que Tim McDaniel exibiu um vídeo sobre herpes genital para os alunos e discutiu formas de contracepção.

O professor já estava tendo problemas com a escola depois de exibir o documentário “Uma verdade inconveniente” (de Al Gore) em sala de aula e pedir que os escrevessem uma redação crítica sobre as mudanças climáticas no planeta. Contudo, Tim conta com o apoio dos alunos que argumentam que os pais mais conservadores estão tentando transformar a situação em uma questão política.