Veja vídeo

Bell Marques desaprova novo circuito no Carnaval de Salvador em 2023: ‘Mudança precipitada’

Artista mostrou seu ponto de vista sobre o assunto e apresentou uma solução

Redação iBahia
23/07/2022 às 19h23

5 min de leitura
Foto: Reprodução/ Instagram

Bell Marques apareceu nas redes sociais neste sábado (23) para falar sobre a possível criação de mais um circuito para o Carnaval de Salvador. A proposta, que ainda está em discussão, prevê a entrada de um circuito na orla da Boca do Rio, enquanto a Barra seguiria com atrações menores.

Por meio do perfil no Instagram, Bell Marques publicou um vídeo dando seu ponto de vista e afirmou que a mudança não deveria ser concretizada já para o ano que vem.

“Pense num problema. A todo instante, todos me perguntam qual a minha opinião sobre o assunto. Eu não conheço o projeto então é muito difícil eu dar uma opinião. Uma pena porque eu nasci no carnaval, eu tenho grandes blocos no carnaval, a minha vida é o carnaval, e com certeza, por menor que fosse, a minha opinião iria contribuir para o projeto”, iniciou.

“O que eu penso hoje é que, pra mudar pra 2023, é uma mudança precipitada afinal de contas é uma mudança muito grande. Nós estamos vindo de uma pandemia com dois anos sem carnaval e todos nós estamos esperando aquele carnaval ali no Farol da Barra”, continuou.

“A população já sabe onde ficar, já sabe onde aplaudir o seu artista preferido, já sabe como chegar e como sair dali. Ah, mas podem me dizer ‘lá na Boca do Rio vai ter mais espaço, mais conforto, mais banheiro, mais ponto de ônibus e etc’, mas precisamos saber se vamos levar essa mesma energia. Porque o público ir, é um coisa e levar a energia, ter liga, é outra. Então se alguém está pensando que botar um trio elétrico e tudo vira carnaval, está com o pensamento equivocado”, afirmou.

“Eu acho que pro ano que vem merecia fazer um pré-carnaval pra gente entender se vai funcionar, pra não tirarmos o carnaval de um ponto mágico de Salvador e acabar destruindo tudo”, disse, por fim.

Repercussão

Após a divulgação do vídeo por meio das redes sociais de Bell Marques, outros artistas e seguidores comentaram suas opiniões a respeito da possível mudança. Rafa e Pipo Marques, além de Gusttavo Lima mostraram concordar com o posicionamento do cantor.

“É isso mestre, tá certíssimo, disse tudo”, também concordou Tuca Fernandes nos comentários da publicação.

“Concordo plenamente”, disse uma seguidora. “O dono da festa falou, tá falado, fim de papo”, concordou mais uma. “Já quase não temos mais Campo Grande, só falta não ter mais Barra agora”, pontuou uma fã.

Proposta

O novo circuito seguiria na Orla da Boca do Rio até o bairro de Patamares. Para a realização do carnaval no local, o trecho passaria por uma requalificação, como foi divulgado pela Prefeitura de Salvador.

Ainda de acordo com a proposta, o novo circuito seria responsável por tirar os trios e grandes artistas da Barra/Ondina e deixaria apenas atrações de menor porte.

“Nós já havíamos pensado nessa proposta há algum tempo. A ideia é dar um novo visual ao Carnaval com essa retomada de eventos, uma nova alternativa para a folia. Não queremos acabar com a festa na Barra, mas trazer um novo espaço. Ter mais um circuito”, contou Washignton Paganelli.

“SOS Carnaval”

Assim como Bell Marques, uma associação reuniu moradores, empresários e trabalhadores da Barra que se uniram na campanha “SOS Carnaval” com a finalidade de se manterem contra a proposta de criação de um novo circuito.

Em entrevista para o iBahia, a publicitária Camila Barbosa, de 33 anos, falou sobre a importância de ingressar na iniciativa, além da relação que tem com o carnaval da região.

“A importância dessa campanha é exatamente exaltar a tradição, a emoção que é vivida nos pontos principais que a gente tem ao longo de todo o circuito desde a concentração no Farol da Barra até aquele coral lindo que é feito no Morro do Gato”, disse.

O que diz o Conselho do Carnaval de Salvador?

Em contato com o iBahia no início de junho, o empresário Washington Paganelli, que integra a mesa diretora do Conselho do Carnaval de Salvador (Comcar), afirmou que a proposta é um desejo antigo, e que deve começar em 2023, caso seja aprovado.

Washington Paganelli falou novamente o iBahia, no fim de junho, sobre a análise da proposta pelo Conselho do Carnaval de Salvador (Comcar). Segundo ele, ainda não existe nada definido.

“A proposta está sendo analisada pelos membros que compõem o Comcar e ainda não temos definição”, iniciou.

Sobre a última reunião que tiveram no feriado de Corpus Christi, ele contou o que ficou decidido: “Na última reunião foi decidido que ouviríamos todos os setores e posteriormente faríamos uma reunião geral para tomar uma decisão”.

Leia mais sobre Celebridades em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias