Gusttavo Lima rebate acusações de não ter vendido abadás para bloco no Carnaval de Salvador


Foto: Reprodução / Augustto Albuquerque

Gusttavo Lima usou as redes sociais para rebater as acusações feitas sobre o cancelamento do Bloco do Embaixador, trio que seria puxado por ele no Carnaval de Salvador.

A atração, que desfilaria no dia 20 de fevereiro no cirucito Dodô (Barra-Ondina), foi adiada para o próximo Carnaval, sem justificativas por parte da assessoria do sertanejo.

No entanto, uma das suposições foi de que o bloco não vendeu abadá suficiente para sair na Avenida. A camisa para desfilar com o Embaixador estava custando R$ 1 mil no 1º lote, valor que foi motivo de críticas por parte dos foliões.

Por meio do Instagram, o artista se limitou a dizer que a história, divulgada por alguns portais de comunicação, se tratava de uma “Fake news”.

Apesar de não ter mais o bloco na folia baiana em 2023, o artista é presença confirmada no Carnaval de Salvador com uma apresentação em um dos camarotes da festa.

O abadá para curtir o show de Gusttavo Lima no camarote que contará com serviço All Inclusive e show de Dennis DJ custa R$ 1.380 feminino e R$ 1.610 masculino.

Leia mais sobre Carnaval 2023 no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.