Margareth Menezes anuncia novidades para comemoração dos 60 anos: ‘É a melhor maneira que a gente tem de mostrar a nossa vitalidade’


Foto: Lucas Mascarenhas/iBahia

Prestes a completar 60 anos no dia 13 de outubro, Margareth Menezes segue trabalhando em novidades da carreira. A cantora está confirmada no Afropunk Bahia, que acontece em novembro, em Salvador.

Na noite da quinta-feira (28), Margareth também foi confirmada no Festival de Verão 2023. A cantora convida Larissa Luz e Majur para o novo formato do evento que contará com grandes encontros no palco (veja lista completa de atrações).

Em entrevista ao iBahia, a artista adiantou alguns projetos que farão parte da comemoração dos 60 anos e exaltou os festivais baianos.

“Tô fazendo um tem um documentário e o livro né que tá chegando aí também. Estamos no processo de feitura dos duas coisas. O documentário ainda não sai esse ano, o livro talvez a gente consiga. Mas vamos fazer um EP também, estamos produzindo”, iniciou Margareth Menezes.

Foto: Ícaro Lima/iBahia

“É a melhor maneira que a gente tem de mostrar a nossa vitalidade, continuar fazendo essas conexões e essa música urbana, afro urbana, é uma coisa que é uma identidade minha já de muito tempo e agora eu tô vendo acontecer de uma maneira muito legal. Estou muito feliz também que vou participar do Afropunk, então um monte de coisa acontecendo. Vai ser muito legal, com certeza”, completou a cantora.

Fase dos festivais

Margareth Menezes ainda comentou sobre o momento de sucesso dos festivais baianos e exaltou as festividades.

“Eu acho que tudo isso, eu acho que ter festivais a Bahia é esse lugar de festa, nós sabemos fazer isso e temos também conceito para fazer festival e não um, dois, três, eu acho que durante todo o ano a gente pode acontecer porque essa efervescência é nossa, sabe? A gente tem coisas para falar, tem o que dizer, tem o que mostrar”, disse.

“Tem culinária, tem coisa bonita, paisagem bonita, cidade também, então tem muita coisa para explorar e muita gente boa fazendo coisas. Dessa geração, da geração anterior, é um mundo de cor além do carnaval”, finalizou.

Leia mais sobre Festival de Verão no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.