Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > economia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Peso no bolso

Cesta básica acumula alta de 13,51% em Salvador nos últimos 6 meses

Batata inglesa foi um dos alimentos da cesta básica com maior alta no primeiro semestre.

Isadora Gomes • 04/07/2024 às 20:06 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

A cesta básica de Salvador teve um aumento de 0,58% no mês de julho e passou a custar R$ 617,51. O que chama a atenção é a alta dos preços de alguns produtos, que já impactam nas estatísticas dos últimos seis meses. Segundo informações divulgadas pelo Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), a alta já é de 13, 51% se comparado com o mesmo período do ano passado (0,68%).


				
					Cesta básica acumula alta de 13,51% em Salvador nos últimos 6 meses
Cesta Básica acumula alta de 13,51% em Salvador. Foto: Reprodução / Canva Pro

Esse valor é calculado com base em 2.639 cotações de preços realizadas em 98 estabelecimentos comerciais (supermercados, açougues, padarias e feiras livres) de Salvador. Na prática, dos 25 produtos que compõe a cesta, 9 sofreram alta. O maior destaque foi a batata inglesa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Depois do item aparecem o leite (12,00%), café moído (6,24%), arroz (5,31%), queijo muçarela (4,46%), pão francês (4,26%), maçã (2,54%), queijo prato (0,26%) e a carne de primeira (0,06%).

Por sua vez, 16 registraram redução: óleo de soja (-11,76%), cenoura (-11,40%), tomate (-9,65%), cebola (-7,83%), açúcar cristal (-6,26%), macarrão (-5,08%), banana-prata (-3,72%), carne de segunda (-2,41%), feijão (-2,23%), carne de sertão (-1,48%), flocão de milho (-1,04%), farinha de mandioca (-0,88%), frango (-0,64%), ovos de galinha (-0,64%), manteiga (-0,55%) e a linguiça calabresa (-0,13%).

Variação de valores dos alimentos da cesta básica em Salvador

A batata inglesa se tornou vilã na cesta básica. Ela teve um aumento de 36,48%. O analista da cesta básica da SEI, Denilson Lima, explica que “no caso da batata inglesa, problemas climáticos afetaram os principais polos produtores e contribuíram para a alta no preço.”

Entre os produtos que compõem o kit alimentício, o subgrupo de gêneros alimentícios próprios da refeição matinal soteropolitana – formado por café, leite, açúcar, pão, manteiga (e/ou queijos) – aumentou 4,36% e foi responsável por 32,24% do valor da cesta no mês de junho de 2024.

Por sua vez, o subconjunto dos ingredientes relativos ao almoço soteropolitano – composto por feijão, arroz, carnes, farinha de mandioca, tomate e cebola – apresentou uma redução de -3,04% e foi responsável por 35,43% do valor da cesta.


				
					Cesta básica acumula alta de 13,51% em Salvador nos últimos 6 meses
Cesta Básica acumula alta de 13,51% em Salvador. Foto: Raul Golinelli/GOVBA

Ainda segundo a análise, o tempo de trabalho aplicado por um trabalhador soteropolitano para obter uma cesta básica foi de 104 horas, o que equivale ao comprometimento de 47,28% do valor líquido de um salário mínimo de R$ 1.306,10, depois de descontado o valor de 7,50% da contribuição para a Previdenciária Social.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM ECONOMIA :

Ver mais em Economia