Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > saúde
Whatsapp Whatsapp
Salvador Contra a Dengue

Unidades de Suporte para tratamento de dengue são abertas em Salvador

As Unidades de Suporte serão abertas com o objetivo de ampliar a rede de atendimento de urgências e emergências no tratamento de dengue

Gabriela Braga • 28/02/2024 às 14:03 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Duas Unidades de Suporte serão abertas pela Prefeitura de Salvador com o objetivo de ampliar a rede de atendimento de urgências e emergências no tratamento para dengue.


				
					Unidades de Suporte para tratamento de dengue são abertas em Salvador
Unidades de Suporte para tratamento de dengue são abertas em Salvador. Valter Pontes / Secom PMS

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (28) pelo prefeito Bruno Reis, que lançou a campanha Salvador Contra a Dengue. A proposta da gestão municipal é intensificar ações coordenadas entre as várias secretarias para prevenir o avanço do vírus, o que historicamente ocorre entre março e abril.

Leia mais:

O Brasil vive hoje uma epidemia da doença, porém Salvador está em situação de alerta. A capital baiana tem atualmente uma taxa de 44,3 casos por 100 mil habitantes, um décimo do que é registrado no país, que alcança 479,3 casos, e abaixo também da Bahia, que tem 119,9 casos neste mesmo índice.

Unidades de Suporte para tratamento de dengue

Como destaque das ações está a implantação de duas Unidades de Suporte - semelhante aos gripários no período pandêmico -, sendo uma com 10 leitos em anexo à UPA do Vale dos Barris e outra com cinco leitos no estacionamento da USF Itapuã. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), as unidades ainda estão sendo montadas e não há data para abertura.

Além disso, foram anunciados a utilização de tecnologia, com até 2 mil armadilhas do tipo ovitrampa, para monitorar as regiões prioritárias para fazer o controle vetorial; a instituição do Comitê Municipal de Prevenção e Controle de Arboviroses; o funcionamento do Centro de Operações Especiais (COE), com a participação de representantes de outras secretarias para melhor coordenar as ações intersetoriais; e um simulado de mesa em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para avaliar a resposta do município a um cenário de emergência provocado pela doença.

O prefeito também anunciou a ampliação da vacinação contra a dengue, em especial para as crianças de 10 e 11 anos, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde. Neste final de semana, a Prefeitura vai promover um mutirão nos shoppings de Salvador. Até o momento, foram aplicadas apenas 9.668 doses.

“Os dados mostram que 80% dos criadouros dos mosquitos estão nas residências e nos estabelecimentos comerciais. Isso significa o quê? Que a população tem um papel crucial nesse enfrentamento. Estamos distribuindo 7 mil cartilhas de educação em saúde e fizemos ações de conscientização com os alunos da rede municipal. Não dá para brincar, o crucial é a vida. Por isso, é importante que todo mundo se mobilize”, disse Bruno Reis.


				
					Unidades de Suporte para tratamento de dengue são abertas em Salvador
Unidades de Suporte para tratamento de dengue são abertas em Salvador. Foto: Divulgação

Estado de alerta para a dengue

Em janeiro deste ano, o Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti (LIRAa) de Salvador foi de 1,8 - o que significa que foram encontradas larvas do mosquito em quase dois de cada 100 imóveis vistoriados pelas equipes de saúde do município. Este índice aponta um cenário de alerta, mas no comparativo ao mesmo período do ano passado houve uma melhora: em janeiro de 2023, a taxa era de 2,4.

Desde setembro, a SMS inspecionou 6.766 imóveis na cidade, sendo que em 118 deles havia focos de reprodução do Aedes aegypti. Além disso, foram inspecionados 31 mil depósitos e realizadas 959 ações do coletivo, sendo 260 em escolas, 240 em praças, 110 unidades de saúde e 89 em hotéis e outros estabelecimentos comerciais. Completando os dados, também foram realizadas no período 3.500 ações de educação nos 12 distritos sanitários da capital baiana.

Veja também:

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SAÚDE :

Ver mais em Saúde