Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
Whatsapp Whatsapp
Salvador

Caso Edmar: veja tudo o que se sabe sobre a morte do porteiro

Edmar Santos Costa morreu no sábado (6) após uma abordagem de seguranças da CCR Metrô Bahia no Terminal Acesso Norte, em Salvador

Iamany Santos • 21/01/2024 às 13:03 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Ainda em investigação, o caso do porteiro de 38 anos que morreu após uma abordagem de seguranças da CCR Metrô Bahia, em Salvador, já possui uma série de desdobramentos. A vítima, identificada como Edmar Santos Costa, morreu no sábado (6) e a ação dos agentes durou pouco mais de 15 minutos. Confira abaixo tudo o que se sabe sobre o caso:


				
					Caso Edmar: veja tudo o que se sabe sobre a morte do porteiro
Polícia apura morte de homem após abordagem de seguranças em Salvador. Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • A morte do porteiro Edson Costa aconteceu na manhã do dia 6 de janeiro, no Terminal Acesso Norte e câmeras de segurança flagraram a situação.
  • Nas imagens, é possível ver ele entrando no terminal de ônibus com certa dificuldade, pouco antes das 6h. Ele chega a cair, é amparado por outros passageiros e segue caminho.
  • As imagens também mostram que um homem deixa um cooler no chão e se afasta. O porteiro se aproxima em seguida, pega o objeto e tenta sair do local cambaleando. Um outro homem vê a ação e o persegue. Neste momento, Edmar joga o cooler no chão e tenta entrar em um ônibus.

				
					Caso Edmar: veja tudo o que se sabe sobre a morte do porteiro
Polícia apura morte de homem após abordagem de seguranças em Salvador. Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • A partir daí, o porteiro começa a ser agredido pelo homem que o perseguiu, e acaba imobilizado por populares. Logo depois, ele é entregue aos seguranças que atuavam no terminal. Os agentes imobilizam Edmar, que resiste e cai na pista.
  • Edmar é imobilizado e algemado, enquanto um dos seguranças coloca um joelho nas coistas do porteiro. Conversando com pessoas que passa no local, o segurança coloca o outro joelho nas costas do porteiro e depois de 1 minuto percebe que Edmar esatava desacordado.
  • Usando luvas, os seguranças passam a tentar acordar o porteiro, que parece não reagir. Um dos seguranças pega uma cadeira de rodas e depois chega a maca. Apenas 10 minutos depois Edmar é levado na maca, mas não há uma tentativa de reanimação.

				
					Caso Edmar: veja tudo o que se sabe sobre a morte do porteiro
Polícia apura morte de homem após abordagem de seguranças em Salvador. Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • A CCR Metrô informou que o homem foi levado para uma sala, onde teria sido atendido, com tentativas de reanimação, até a chegada do Samu, que foi acionado pela equipe. Segundo a empresa, a morte de Edmar teria sido declarada na unidade de saúde para onde ele foi levado e que a concessionária, em seguida, teve conversa com a família. Eles destacam que o porteiro estava com os documentos e outros pertences.
  • Em nota ao iBahia, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que deu prosseguimento ao atendimento do porteiro, contradiz a CCR e afirma que o porteiro morreu ainda na estação, enquanto era tendido pelos agentes do Samu. Depois disso, o corpo foi levado para o necrotério da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pau Miúdo, que era o mais próximo.
  • Familiares do porteiro relatam que só souberam da morte de Edmar porque ele tinha saído para trabalhar, não apareceu no serviço e o chefe dele os procurou. Eles passaram a procurar pelo porteiro, até encontrar o corpo no Instituto Médico Legal (IML).
  • Além disso, os advogados da família questionam a falta de comunicação sobre a morte de Edmar por parte da CCR Metrô Bahia, que administra o local e é responsável pelos seguranças, e também da unidade de saúde onde ele foi atendido. Eles detalham que o homem estava com documentos e o celular em mãos. Veja vídeo da abordagem:
Caso Edmar: veja tudo o que se sabe sobre a morte do porteiro Vídeo: Reprodução/Redes Sociais
  • Ainda segundo o relato da defesa da família do porteiro, conforme o laudo da morte entregue aos familiares para o enterro, a vítima teria tido uma parada cardiorrespiratória depois da ação dos seguranças. A informação ainda não foi detalhada pela polícia.
  • Em nota, a Polícia Civil (PC) detalhou que a apuração da morte está está com a 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). Conforme apurações iniciais, duas porções de cocaína teriam sido encontradas no bolso da roupa do porteiro.
  • Além de testemunhas, que estão sendo ouvidas, imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas e outras investigações estão em andamento, para esclarecer o caso. De acordo com a polícia, laudos periciais vão complementar as investigações.
  • Conforme posicionamento da CCR, os agentes que participaram do atendimento da ocorrência foram afastados das funções operacionais até a conclusão das investigações.

Leia mais:

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança