Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
Whatsapp Whatsapp
Investigação

Foragido por contrabando internacional de armas se entrega no Paraguai

General paraguaio Jorge Antonio Orue foi diretor da Dimabel, órgão daquele país responsável pelo controle de armas

Alan Oliveira • 06/12/2023 às 17:35 • Atualizada em 07/12/2023 às 0:38 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Um dos foragidos da operação contra contrabando de armas internacional, que foi deflagrada também no Brasil, se entregou à polícia e foi preso nesta quarta-feira (6), no Paraguai. Jorge Antonio Orue é suspeito de facilitar o esquema.


				
					Foragido por contrabando internacional de armas se entrega no Paraguai
Foragido por contrabando internacional de armas se entrega no Paraguai. Foto: Reprodução/GloboNews

O investigado estava foragido desta a terça-feira (5), quando a ação foi deflagrada. Ele é general e ex-diretor Dimabel, que é o órgão do Paraguai que controla, fiscaliza e libera o uso de armas no país.

Leia mais:

O período em que ele liderou a entidade é o mesmo em que a empresa IAS realizou importações de armas que teriam como destino o Brasil, conforme detalhou o g1.

A IAS, segundo as investigações, era usada pelo argentino Diego Hernan Dirísio, principal alvo da operação e considerado o maior contrabandista de armas da América do Sul, e pela esposa, vice-presidente do grupo.

Por meio da empresa, com sede no Paraguai, ele importava cerca de 15 mil armas por ano e repassava parte desse arsenal para chefes de facções criminosas brasileiras.

As investigações apontam que cerca de 43 mil armas foram contrabandeadas para o país. Os principais armamentos contrabandeados eram pistolas, fuzis, rifles, metralhadoras e munições.

O esquema movimentava R$ 1,2 bilhão. Após a compra dos europeus, as armas eram vendidas para criminosos brasileiros. O esquema envolvia também doleiros e empresas de fachada no Paraguai e nos EUA.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança