Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
Whatsapp Whatsapp
Rio Vermelho

Suspeito de matar dentista Lucas Maia é preso em Salvador

Crime aconteceu no dia 25 de novembro, no Rio Vermelho; suspeito foi preso na manhã desta segunda-feira (18)

Nathália Amorim • 18/12/2023 às 10:14 • Atualizada em 18/12/2023 às 18:00 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

O suspeito de matar o dentista Lucas Maia de Oliveira, dentro do apartamento onde ele morava em um prédio de luxo no Rio Vermelho, teve o mandado de prisão temporária cumprido na manhã desta segunda-feira (18), na residência dele no bairro do Engenho Velho da Federação.


				
					Suspeito de matar dentista Lucas Maia é preso em Salvador
Lucas Maia foi encontrado morto dentro do apartamento onde morava no dia 25 de novembro. Foto: Reprodução/Redes Sociais

De acordo com a Polícia Civil, a prisão foi realizada por equipes da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). A identificação e localização do suspeito aconteceram após a análise de imagens de câmeras de segurança e depoimentos de testemunhas, amigos e familiares.

Leia mais:

Na casa do suspeito também foi cumprido um mandado de busca. No local foi apreendida uma televisão, que pode ter sido roubada do apartamento da vítima após o crime. O aparelho será encaminhado à perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Relembre o caso

O dentista Lucas Maia foi dado como desaparecido no dia 23 de novembro. O corpo dele foi encontrado em estado avançado de decomposição, amarrado a cama e sem marcas de tiros dois dias depois, 25 de novembro.

Além disso, também havia pó de café espalhado pelo chão da sala e o cachorro da vítima estava preso na varanda.

O primeiro a encontrar o corpo de Lucas foi um amigo, que também possuía a chave do apartamento. Lucas Maia foi encontrado por volta das 16h30 de sábado (25). Às 17h, equipes da Polícia Militar e Civil já estavam no local.

Foram levados TV, carro, notebook e o celular de Lucas. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o suspeito de matar o dentista deixa o prédio da vítima.

É possível observar nas imagens que o suspeito deixa o local na madrugada de sexta-feira (24), por volta de 1h30 da manhã. Com o rosto escondido, ele caminha normalmente pelo estacionamento enquanto arrasta uma mala, que pertencia a Lucas.

O suspeito mantém o rosto escondido o tempo todo, sempre com um capuz sobre a cabeça. Informações iniciais apontam que a vítima e o suspeito chegaram juntos no prédio na quinta-feira (23), por volta das 13h.

Depois de deixar o apartamento de Lucas, o suspeito de matar o dentista circulou por cerca de uma hora com o veículo da vítima, retirado da garagem do condomínio de luxo localizado no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

No dia 1° de dezembro, um homem que conheceu o dentista Lucas Maia por meio de um aplicativo de encontro prestou depoimento por 14 horas e foi liberado. O primeiro contato aconteceu no dia 16 de novembro e os dois se encontraram um dia depois.

Segundo uma fonte da Polícia Civil, que investiga o caso, para a TV Bahia, o homem se apresentou na quarta-feira (29) de forma espontânea no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Durante o depoimento, o homem contou à polícia que ficou no apartamento de Lucas Maia até o dia 20. Ele tem residência fixa e mais de um emprego. Também não é possível confirmar que foi ele que apareceu nas câmeras de segurança, já que o rosto dele não foi flagrado pelas imagens.

Ainda segundo a fonte, ele não foi preso porque não havia motivos que justificasse um mandado de prisão provisório. Além disso, mais três testemunhas devem ser ouvidas na próxima semana.

As investigações indicam que mais pessoas entraram no imóvel nesse intervalo de quatro dia, entre o dia 16 e 20 de novembro. Todas elas seriam consideradas suspeitas pela Polícia.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança