Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > salvador
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Após regulação

Criança que ingeriu soda cáustica é transferida de hospital após regulação

Menino de 2 anos e 9 meses precisava realizar uma dilatação esofágica para voltar a se alimentar

Redação iBahia • 25/08/2023 às 13:02 • Atualizada em 25/08/2023 às 13:14 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Criança que ingeriu soda cáustica é transferida de hospital após regulação
Foto: João Souza/g1 Bahia

O menino de 2 anos e 9 meses, que estava internado há mais de um mês no Hospital Geral do Estado (HGE) após ingerir soda cáustica, foi transferido de unidade de saúde nesta sexta-feira (25) para realizar o procedimento de dilatação esofágica. A informação foi confirmada pelo tio da criança, Diogo Caldas.

"Pessoal, venho agradecer a todos, de coração, que entrou nessa luta conosco, principalmente por T.", confirmou o tio da criança.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

A criança estava em busca de uma vaga no Sistema da Central Estadual de Regulação, para ser transferido de hospital para dar seguimento ao tratamento. A queimadura da soda cáustica causou o fechamento do esôfago do menino, o que estava impedindo a criança de se alimentar. Identificado como T.C.S, ele precisava fazer uma dilatação esofágica para conseguir voltar a ingerir alimentos e o procedimento não é realizado pelo HGE.

O tio da criança também confirmou que o procedimento foi realizado no Hospital Roberto Santos, e que agora retornam ao HGE, onde a criança continuará internada até receber alta.

"Foi um alívio para todos nós, ele já tinha 4 dias sem se alimentar. [...] Hoje ele conseguiu fazer o procedimento, já tomou até um iogurte. Estamos aqui, agora vamos aguardar o que o HGE vai pronunciar a respeito da alta dele, provavelmente mais tarde já vamos ter algum resultado. E o Hospital Roberto Santos pediu para que continuássemos aqui por mais três semanas, porque ele vai precisar fazer uma segunda dilatação", explicou Diogo Telles.

Relembre o caso

O acidente aconteceu no dia 19 de julho, na cidade de Eunápolis, interior da Bahia. Segundo o padrasto, Jasson Soares, a mãe da criança estava usando a soda cáustica para desentupir o vaso do imóvel, que fica em um sítio. Ela teria colocado o produto em cima de um móvel da casa, mas a criança pegou a garrafa e ingeriu o líquido pensando que era sal.

A criança chegou a ser encaminhada para um hospital de Eunápolis, onde recebeu os primeiros socorros, mas foi transferido no dia 20 de julho para o HGE, onde está em observação desde então.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SALVADOR :

Ver mais em Salvador