Salvador

Decreto desobriga uso de máscaras em academias, barbearias e mais

Decreto passou a valer nesta terça-feira (5). Espaços precisam ter ventilação natural e deve ser observado o distanciamento social adequado.

Redação iBahia
05/04/2022 às 19h15

2 min de leitura
 Foto: Divulgação | Prefeitura de Salvador

O uso de máscaras em 14 espaços como academias, barbearias e estádios de futebol foi flexibilizado em Salvador, nesta terça-feira (5), com o decreto municipal que desobriga a proteção em ambientes abertos. Contudo, de acordo com o documento, os espaços precisam ter ventilação natural e deve ser observado o distanciamento social adequado. Confira a lista abaixo

O decreto só começou a valer nesta terça-feira, mas foi publicado na segunda-feira (4). Segundo o documento, o uso de máscaras continua sendo obrigatório em locais fechados.

Confira os locais onde o uso da máscara está desobrigado:

  1. Comércios de Rua;
  2. Academias de Ginástica;
  3. Barbearias e Salões de Beleza;
  4. Cursos Livres;
  5. Autoescolas;
  6. Construção Civil;
  7. Praias;
  8. Parques Públicos;
  9. Clubes Sociais, Recreativos e Esportivos;
  10. Centros e Espaços de Convenções;
  11. Circos;
  12. Parques Temáticos e de Diversões;
  13. Estádios de Futebol;
  14. Funcionalismo Público Municipal

Desobrigação em todo o estado

A desobrigação do uso de máscaras em ambientes abertos do estado foi anunciado pelo governador da Bahia, Rui Costa, na manhã do último sábado (2). Em espaços fechados, a exemplo do transporte público, o equipamento de proteção segue obrigatório.

De acordo com Rui, a decisão foi tomada após reunião com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), ocorrida na noite de sexta-feira (1º) e outros detalhes estão no decreto publicado no Diário Oficial do Estado.

Cidades anteciparam medida

Antes mesmo do anúncio do governador, prefeituras de 12 cidades baianas já tinham determinado a suspensão do uso obrigatório de máscaras em espaços abertos. A última a adotar a medida havia sido Alagoinhas, a cerca de 160 km de Salvador, cujo anúncio foi feito na sexta-feira (1º).

Além disso, Vitória da Conquista e Porto Seguro liberaram o uso da máscara em quaisquer ambientes, sejam eles abertos ou fechados.

Em março, o governador já havia dito que a flexibilização deveria ser adotada em abril, a depender dos números da pandemia. Na época, o prefeito Bruno Reis disse que a capital baiana está pronta para a medida, e que a decisão estava pendente de um posicionamento do governo estadual.