Joalheiro é preso por derreter objetos de ouro roubados


O proprietário de um estabelecimento que compra e vende objetos feitos de ouro e outros materiais preciosos, localizado na avenida Sete de Setembro, no Centro, foi preso sob acusação de integrar uma quadrilha de assaltantes.

Roque dos Santos Filho, 54 anos, também é ourives e chegou a derreter alguns objetos de ouro roubados para confeccionar novas peças. Preso em seu estabelecimento comercial, ele responderá pelo crime de receptação.

Outros três integrantes do grupo foram presos. Segundo a assessoria da Polícia Civil, Cleber Sacramento Silva Trindade, de 27 anos, Fábio Jesus dos Reis, o “Fabinho”, 30, e Tiago Rocha Barreto, 22, assaltavam residências em bairros como Itaigara, Caminho das Árvores, Pituba, Patamares, Piatã, Itapuã, Stella Maris e Villas do Atrântico.

Quadrilha foi apresentada pela polícia nesta segunda-feira (23)

Apresentados nesta segunda-feira (23), eles são apontados como responsáveis por, pelo menos, seis roubos nos últimos seis meses. Sempre com os rostos descobertos e usando de violência para intimidar as vítimas, os assaltantes foram presos entre os dias 17 e 20 de abril por investigadores da 16ª Delegacia (DT/Pituba), com o apoio da 28ª DT/Nordeste de Amaralina.

Quadrilha desarticulada
A quadrilha começou a ser desarticulada com a prisão de Cleber, no dia 17, em sua residência, na Chapada do Rio Vermelho, por uma equipe da 28ª DT. Com passagens pela polícia por roubo e tráfico, Cleber acabou informando o paradeiro dos três comparsas.

Ele apontou “Fabinho” como líder do grupo e responsável por identificar os imóveis que seriam atacados. Com dois mandados de prisão preventiva em aberto e morador do Nordeste de Amaralina, “Fabinho” foi preso em uma casa alugada, em Cajazeiras VI.

Morador do Alto de Ondina, Tiago, outro membro do bando, é acusado de estuprar uma jovem de 23 anos, durante um assalto cometido no dia 12 abril, no Caminho das Árvores. Em poder dele, que já tem passagens por roubo e tráfico, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com numeração raspada, municiado.

Objetos recuperados
Seis televisores de LCD, sete celulares, um forno de microondas, um videogame, dois notebooks, três relógios, perfumes e um par de sapatos, avaliado em R$ 1,8 mil foram recuperados.

Os objetos apreendidos estavam espalhados nas casas dos quatro criminosos, sendo que a maior parte se encontrava na casa de Fabinho. Para fazer os ataques e dificultar a localização da quadrilha, os criminosos alugavam automóveis usados em duas locadoras localizadas no Horto Florestal e em Ondina.

Sapatos, celulares, relógios, televisores, perfumes, e notebooks foram recuperados

Assalto à casa de coronel
O grupo assumiu um assalto à residência de um coronel reformado da Polícia Militar, no início do ano, em Portão, em Lauro de Freitas. Negou, no entanto, qualquer envolvimento com o roubo à casa do titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Paulo César Lisboa, localizada no Loteamento Pedra do Sal, em Itapuã.

A polícia está agora à procura de um quinto suspeito, identificado como Natanael Mascarenhas Santos, 32 anos, que está foragido, e de outros receptadores, especialmente os que recebiam o material eletroeletrônico roubado.

Os quatro criminosos estão custodiados na carceragem da 16ª DT, à disposição da Justiça.