Salvador

Jovem é morto a tiros em frente a casa onde morava em Pernambués

Crime aconteceu por volta das 10h e os bandidos portavam armas grandes

Redação iBahia
08/05/2016 às 13h53

3 min de leitura
(Foto: Juliana Montanha/CORREIO)

Um homem foi morto a tiros e outro ficou ferido durante uma ação de bandidos na manhã deste domingo (8), no bairro de Pernambués. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 10h, na Rua 1º de Maio.

Segundo informações da Polícia Militar, uma guarnição da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pernambués) após a informação de que uma troca de tiros acontecia na Rua 1º de Maio. 

Ao chegar no local, os militares encontraram o corpo de Adalto Cezar Santos, 26 anos, que não resistiu aos ferimentos. Ele foi atingido por oito perfurações de arma de fogo, inclusive na cabeça. 

Um outro morador da rua, Edmilson Santos Rocha, foi baleado no pé e socorrido por outros moradores para o Hospital Roberto Santos. Não há informações sobre o estado de saúde dele. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi encaminhada ao local do crime.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi encaminhada ao local e efetuou a remoção do corpo. O enterro de Adalto está previsto para acontecer no cemitério do município de Terra Nova. 

Família nega troca de tiros
Segundo a esposa de Adalto, Diana dos Santos, 25, não houve troca de tiros no bairro de Pernambués neste domingo. De acordo com ela, um grupo de homens chegaram portando armas grandes e atirando contra os moradores na rua.

Adalto estava em frente a casa onde morava, onde trabalhava cortando cabelo nos fins de semana, quando os bandidos chegaram e dispararam contra ele. Ainda segundo Diana, a vítima não tinha passagem pela polícia. 

Ao CORREIO, moradores disseram que a ação dos bandidos seria uma retaliação a troca de tiros que aconteceu na noite de sábado (7), entre um grupo de homens e a Polícia Militar, na Rua das Flores, também em Pernambués.  

*Com informações da repórter Juliana Montanha

Correio24horas