Polícia encontra embalagens para drogas no carro do taxista morto na Barros Reis


Dentro do carro do taxista que foi encontrado morto com um tiro na cabeça na noite desta quarta-feira (29), na Avenida Barros Reis, a perícia técnica encontrou dentro do veículo de Mirvanei Teles dos Santos, de 32 anos, embalagens para drogas.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Cívil, já tinha passagem pela polícia por uso de drogas em 2008. Ainda de acordo com a polícia, o carro que o taxista estava dirigindo pertencia a locadora de veículos Raugitop, e a seis meses estava alugado para vítima.

Entenda o caso – O corpo de um homem morto a tiros foi encontrado dentro de um taxi na noite desta quarta-feira (29), na Avenida Barros Reis. De acordo com informações da polícia, Mirvanei Teles dos Santos, de 32 anos, foi baleado na cabeça.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Ernesto Simões Filho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da unidade de saúde. Mirvanei foi encontrado por agentes da 37º Companhia Independente da Polícia Militar, do bairro da Liberdade, por volta das 20h30.

De acordo com informações da Tv Bahia, o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o caso, informou que o Mirvanei era taxista e estava no banco do motorista no momento do crime. A movitação e autoria do crime estão sendo investigados.