Salvador

Postos de saúde vacinam contra H1N1 nos dias 16 e 17

Público está abaixo da meta de vacinação e será priorizado durante esses dois dias; veja relação dos 12 postos

Redação iBahia
13/05/2016 às 21h29

3 min de leitura
Na segunda e terça-feiras (dias 16 e 17), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) destinará um quantitativo de doses da vacina contra o H1N1 exclusivamente para idosos, gestantes e crianças. Esse público está abaixo da meta de vacinação em relação aos demais grupos prioritários. De acordo com a SMS, Salvador é a primeira capital do Nordeste a vacinar mais de 80% do público total, formado por 615 mil pessoas. Até agora, 512 mil já foram imunizados contra o vírus. 

(Foto: Agência Brasil)

Já o índice de vacinação do público de crianças, idosos e gestantes ainda não chegou a 80%. São 154 mil crianças menores de cinco anos e, dessas, 112 mil (73%) foram vacinadas. Do número total de gestantes (27 mil), 17 mil (63%) foram vacinadas até o momento. Do público total de idosos, formado por 250 mil pessoas, 183 mil (73%) já foram vacinados.  Assim que a meta for alcançada, a imunização nesses 12 postos volta a ser direcionada ao público prioritário em geral. Foram escolhidos 12 postos específicos de vacinação – um em cada distrito sanitário da capital. São eles: o Centro de Saúde Ramiro Azevedo, no Largo do Campo da Pólvora, em Nazaré; a unidade Ministro Alkimin, na Rua Lopes Trovão, em Massaranduba; o 18º Centro de Saúde, no final de linha da Fazenda Grande do Retiro; o 16º Centro, na Rua Marques de Maricá, no Pau Miúdo; a unidade Mário Andréa, na Rua Fortunato Benjamin Saback, em Sete Portas; o 5º Centro Clementino Fraga, na Av. Centenário, na Barra; o 12º Centro Alfredo Bureau, na Rua Jaime Saponick, no Marback; o 7º Centro José Mariani, na Av. Dorival CAymmi, em Itapuã; o 6º Centro Rodrigo Argolo, na Rua Pernambuco, em Tancredo Neves; a Unidade Sete de Abril, na Rua do Conselho, em Sete de Abril, a Unidade de Itacaranha, na Rua Piriba, no Subúrbio Ferroviário ou a Unidade Nelson Piauí, na Rua Endel Nascimento, em Águas Claras.

Correio24horas