Saúde

Cólicas intensas: entenda quando a dor deixa de ser normal

O nível de normalidade depende da intensidade e duração das dores

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Está cansada de sofrer com cólicas intensas mensalmente? De acordo com o cirurgião ginecológico, Dr. Marcos Travessa, você precisa ficar atenta as dores intensa na região pélvica. “Se o período menstrual está trazendo muito sofrimento pode ser um sinal de que algo não está respondendo como o esperado, e isso merece investigação de um profissional especializado”, explica.

Foto: Reprodução
Para saber se sua cólica está no nível da normalidade, observe a intensidade e a duração das dores. “Em geral, a cólica só pode ser considerada normal quando dura apenas um dia e passa com uso de analgésico simples. Quando tornar-se algo incapacitante, que realmente prejudica a rotina da mulher e não apresenta melhora com uso da medicação, ela passa a ser considerada como um sintoma indicativo de alguma patologia”, explicou o cirurgião.

Minha menstruação não está normal e agora?


A endometriose avançada é uma das doenças que têm como um dos sintomas a cólica intensa. A patologia pode causar sérios problemas ao sistema reprodutor feminino e também a outros órgãos. Para diagnosticar a doença, o ideal é procurar um especialista e fazer os exames adequados (ultrassonografia e ressonância magnética).

O tratamento pode ser feito com uso de medicação ou intervenção cirúrgica.