Saúde

Comer proteína vegetal diminui o risco de morte; entenda

Boas escolhas alimentares são a chave para um envelhecimento saudável e uma maior qualidade de vida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Boas escolhas alimentares são a chave para um envelhecimento saudável e uma maior qualidade de vida. De acordo com um estudo feito pelo Grupo de Estudo Prospectivo do Centro de Saúde Pública do Japão, que foi divulgado em agosto do ano passado, o consumo de proteína vegetal diminui os riscos de morte. 

A pesquisa analisou a dieta de 70.696 adultos japoneses, entre 45 e 74 anos, por um período de 18 anos. Como resultado, os pesquisadores apontaram que um maior consumo de proteínas à base de plantas pode contribuir para a saúde e longevidade a longo prazo.

Soja é uma das opções de proteína vegetal (Foto: reprodução)

“Embora a ingestão de proteína animal não tenha sido associada a resultados de mortalidade, a substituição de proteína de carne vermelha ou proteína de carne processada por proteína vegetal foi associada à menor mortalidade total, relacionada ao câncer e a doenças vasculares”, concluíram os japoneses.

Aveia, batata, grão-de-bico, quinoa e soja são alimentos ricos em proteína vegetal e que não podem faltar no cardápio alimentar de quem visa uma vida mais saudável. Confira os benefícios de cada um desses alimentos: 


1- Aveia: alimento é rico em proteínas de alto valor biológico e bom balanceamento de aminoácidos, é rica, ainda, em fibras solúveis e insolúveis, sais minerais e vitaminas.

A aveia auxilia na prevenção do câncer, controla o colesterol, regula o intestino, auxilia no controle da hipertensão e controla  níveis de açúcar no sangue.

2- Batata: rica em vitamina C e do complexo B. Contém ferro, potássio, cálcio, fósforo e amido, o que ajuda a fortalecer as defesas do organismo e a renovação das células.

3- Grão-de-bico:  rico em proteínas, minerais, ferro, zinco, cálcio, fósforo, potássio e vitaminas do complexo B. Nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo.

O grão-de-bico fortalece os ossos, ajuda no emagrecimento, controla a diabetes, ajuda no ganho de massa magra e ainda regula o intestino. 

4- Quinoa: tem menos quantidade de fibras e por isso não está na lista dos grãos para quem deseja emagrecer, porém tem mais proteínas do que outros cereais e é boa fonte de energia, além de fornecer minerais, vitaminas e ômega 3.

5- Soja: é um grão rico em proteína, fibras, vitamina K, cálcio, ferro, zinco, entre outros nutrientes. A soja auxilia na redução dos níveis do colesterol ruim, o LDL, e ajuda a elevar os níveis de HDL, o colesterol bom. O alimento também possui isoflavonas, substâncias que ajudam a atenuar os efeitos da menopausa e evitar a perda de massa óssea.

Mais informações sobre o estudo no site