Se essa rua fosse minha

Inspirações para decorar a sua casa estão espalhadas por Salvador

O SERFM deu um rolé pela cidade para encontrar elementos que podem dar um perfume soteropolitano ao lar

Ive Deonísio e Luriana Morais (falecomseessarua@gmail.com)
- Atualizada em

O nosso último rolê foi pensando na casa, mas a gente saiu pela cidade. Explicamos: quando decoramos o nosso lar, colocamos as referências da nossa vida, inclusive do lugar que vivemos. O projeto Casas Conceito e o Instagram @visitsalvadordabahia nos convidaram para fazer um passeio pela cidade em busca de inspirações e histórias para as nossas casas, e a gente foi.

Nossa primeira inspiração foi o Fera Palace, na Rua Chile. Na década de 30, ele era o Palace Hotel, conhecido pelo estilo art déco. O novo hotel preservou a fachada do antigo. Seiscentas e vinte e nove janelas, pisos lindos de madeira e uma decoração que convida para uma viagem no tempo. Essa bossa de lugar novinho com cara de antigo traz conforto e boas memórias, uma marquinha especial pro lugar que a gente vive.

Descendo o Elevador Lacerda e andando mais um pouco, encontramos a primeira ligação entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta em Salvador. Uma escadinha estreita e íngreme atrás da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A igreja começou a ser construída em 1739, mas só foi concluída em 1849, ou seja, 110 anos depois. Foi erguida sobre uma igreja primitiva de taipa construída por Tomé de Souza em 1549. Ela ainda resiste nos fundos da igreja e pode ser visitada. O barroco, um desbunde em dourado e pinturas, é uma explosão dentro da igreja. E a gente pega carona na decoração da igreja pra encher a nossa casa de detalhezinhos dourados e dar aquela cara de riqueza.  
 

Indo na direção do Comércio, nos encantamos com um prédio com a fachada toda de plantinhas. Adultas que somos, estamos na fase de ter muitas plantinhas em casa. Adolescente que gosta desse negócio de passeio pela cidade, né? Mentira, a gente ama, ainda mais quando dá de cara com um prédio assim, com a fachada toooooda de plantinhas, socorro! ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Essa é a Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência de Salvador. Fora o charme da fachada, a Secis tem placas solares que geram energia limpa, um auditório a céu aberto no terraço.


No bairro do Santo Antônio Além do Carmo, tem uma portinha verde especial, parecida com outras tantas do bairro. Mas lá dentro tem um lugar que dá vontade de gastar todo o salário. Livros, adesivos, incensos, roupas, acessórios, cadernos, turbantes, quadros, gravuras, ímãs de geladeira e todas essa coisinhas hipnotizantes. A curadoria  escolhe desde artistas que estão despontando na cena local até os consagradíssimos, como Carybé. Como se não bastasse, o lugar tem uma vista linda pra Baía de Todos-os-Santos, um café delicioso, e conserva muito do casarão original .
Andando mais um pouco, você vai encontrar o que a gente de definiu como vertigem boa, mais conhecido como o Brechó do Cabral. De um lado, um balaio cheio de fotos de desconhecidos, de outro, uma coleção de Jorge Amado. Logo à frente, câmeras fotográficas antigas que dão saudade daquele tempo em que a gente ia revelar as fotos e ficava torcendo pra não ter saído de olho fechado em nenhuma. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Quadros, gravuras, discos, tv’s, esculturas, santos, brinquedos e tudo que você pensar. E esse 'tudo' não é exagero. O Cabral Descobertas é uma explosão de objetos e histórias, uma mistura de brechó com antiquário. Na  próxima visita ao Santo Antônio, ligue os sentidos e mergulhe nessa viagem. Depois, volte para nos contar como foi. ⠀⠀⠀
No Corredor da Vitória tem porta de novela, quadros de novela, esculturas de novela dos ricos de novela. E a Galeria Paulo Darzé é um  portal para esse lugar, com a diferença que é acessível, todo mundo pode olhar as obras, folhear os livros e se aproximar das obras de Carybé, Mestre Didi, Amilcar de Castro e Nadia Taquary.  Sim, consumir sem gastar, apenas ampliando o repertório. Somos contra quem pode comprar? De jeito nenhum. Inclusive, estamos aqui abertas a essas amizades kkkkkk. Somos a favor da arte democrática, que serve a todos, independentemente do poder de compra de cada um. ⠀⠀⠀⠀⠀
Então, da próxima vez que você passar pelo Corredor da Vitória, dê uma chance pra @paulodarzegaleria. Além do acervo da casa, a galeria tem sempre uma exposição nova. Esse quadro lindão aí atrás da gente é de Vik Muniz, um dos últimos artistas que expôs na casa. Ah, se esse quadro fosse nosso...
(foto)

SERVIÇO
Fera Palace
Endereço: Rua Chile, 20 - Centro Histórico, Comércio
Telefone: (71) 3036 9202
E-mail: reservas@ferahoteis.com
 
Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia
Endereço: Rua da Conceição da Praia – Igreja, s/n – Comércio
Tels.: (71) 3038-6250 / 3038-6254
E-mail: pnscp@ig.com.br / Site: www.santuarioconceicaodapraia.com
Igreja aberta de segunda a quinta, das 8h às 12h e das 14h às 17h, sexta e domingo, das 8h às 12h

Galeria Paulo Darzé
Endereço: Rua Dr. Chrysippo de Aguiar, 8, Corredor da Vitória, Salvador
Funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 19h; e sábados, das 9h às 13h
Contato: (71) 3267-0930
Email: paulodarze@terra.com.br
 
Casa Boqueirão
Endereço: Rua Direita do Santo Antônio, 56 – Boqueirão
Funcionamento: de terça a domingo, das 14h às 20h

Brechó Cabral Descobertas
Rua do Carmo, nº 17, Santo Antônio além do Carmo, Salvador
Funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 18h. Sábado, das 10h às 13h.
Telefone: (71) 3326-9877


O projeto "Se Essa Rua Fosse Minha"

visita diversos bairros soteropolitanos, carinhosamente chamados de

ruas, numa das muitas licenças poéticas que você vai encontrar nos

textos. Ali, as publicitárias Luri Moraes e Ive Deonísio se encantam com

as pessoas, conversam animadamente com os moradores e se deixam levar

por esse mar de amor que emana das ruas de Salvador.  Mais histórias e

fotos em @seessarua_fosseminha