Julgamento

Caso Iuri Sheik: Justiça realiza audiência de instrução e julgamento sobre a morte de empresário na Bahia

Empresário e digital influencer é indiciado pelo homicídio de William durante uma festa do tipo paredão no dia 23 de junho de 2019.

Redação iBahia
20/07/2022 às 12h22

2 min de leitura
Foto: Reprodução / Redes Sociais – Reprodução/ TV Bahia

A Justiça realizou, na última terça-feira (19), a audiência de instrução e julgamento da morte do empresário William Oliveira, de 28 anos, na 1ª Vara Criminal de Santo Antônio de Jesus, interior da Bahia. De acordo com informações do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), no momento, “o juízo ficará aguardando a apresentação das alegações finais, na forma de memoriais escritos, pelo Ministério Público, em seguida, será apresentada as alegações finais por parte da Defesa, e posteriormente será concluso para julgamento.

O réu do processo é Iuri Santos Abrão, mais conhecido como Iuri Sheik. O empresário e digital influencer é indiciado pelo homicídio de William durante uma festa do tipo paredão na cidade no dia 23 de junho de 2019. A vítima chegou a ser socorrida para Hospital Geral de Santo Antônio de Jesus, mas acabou morrendo três dias depois.

Foto: Reprodução / Redes Sociais

A Justiça concedeu um mandado de prisão contra Iuri no dia 24 de junho. Entretando, ele só se entregou no dia segunte. Em depoimento, no dia 27 de junho, o ex-sócio da banda Black Style confessou o crime.

Em setembro de 2020, o empresário foi solto no Completo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. Iuri saiu do presidio por volta das 12h30, a pé, e falou com a imprensa. “No momento oportuno a Justiça baiana vai saber a verdade”, disse. Ao ser perguntado se há arrependimento por ter cometido o crime, ele respondeu que não. “Jamais. Deus é comigo”, disse ele ao ser perguntado se há arrependimento sobre o crime.

Leia mais sobre Bahia no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias