Investigação

Garrafa com líquido que intoxicou trabalhadores no oeste da Bahia é encaminhada à perícia

Três vítimas seguem internadas e outras duas receberam alta depois da intoxicação

Redação iBahia
22/05/2022 às 14h00

3 min de leitura

A garrafa pet com o líquido, que intoxicou 8 trabalhadores no oeste da Bahia, foi encaminhada para a Polícia Civil. O objetivo é realizar uma perícia e detalhar o conteúdo da substância. De acordo com informações do G1 Bahia, três pessoas morreram e outras três seguem internadas no Hospital de Barra e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Maria da Vitória . As outras duas vítimas já receberam alta médica.

A secretária de Saúde de Santa Maria da Vitória, Bete Marques, contou ainda ao site que amostras do líquido amarelo foram entregues em um laborátorio para análises.

O caso aconteceu na última sexta-feira (20) na zona rural de São Félix do Coribe. As vítimas beberam o líquido e acreditaram quese tratavam de uma cachaça. Todos estavam a bordo de um ônibus em uma fazenda e aguardavam o pagamento pelos serviços prestados no local.

Foi o dono da fazenda que fez o contato com a Prefeitura para salvar os funcionários. Algumas vítimas tiveram convulsões e a situação causou desespero nos demais trabalhadores. Em nota enviada ao G1 Bahia, a Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado e que o homem que teria oferecido a bebida já prestou depoimento. Outros depoimentos estão agendados. Guias para exames de necropsia das vítimas e exames toxicológicos também foram solicitados pela corporação.

Foto: Reprodução / TV Bahia

Vítimas

Os funcionários Vitor Oliveira de Assis, 17 anos; Marcone Ferreira de Souza, 36 anos; e Igor Gabriel Santos Conceição, 19 anos; não resistiram aos ferimentos e morreram. Eles eram moradores do distrito de Porto Novo, na cidade de Santana.

Segundo a coordenadora da UPA de Santa Maria da Vitória, Bruna Araújo, as três mortes foram causadas pela ingestão de uma quantidade maior do líquido. As vítimas chegaram à unidade de saúde com parada cardíaca e, mesmo após procedimentos especializados, não resistiram.

O caso está sendo investigado pela 26ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (26ª Coorpin). Nas redes sociais, a Prefeitura de Santana publicou uma nota de pesar pelas mortes.

“É com imenso pesar que a Prefeitura Municipal de Santana informa o falecimento dos jovens Vitor Oliveira de Assis, Marcone Ferreira de Souza e Igor Gabriel Santos Conceição na tarde desta sexta-feira (20), depois de intoxicação, em uma fazenda, em São Félix do Coribe. A gestão municipal presta sua solidariedade aos familiares, amigos e à toda populaçõa de Porto Novo nesse momento difícil. A administração esclarece ainda que está ao lado das autoridades para esclarecer os fatos e presta assistência aos familiares das vítimas fatais e dos hospitalizados. Que Deus, Senhora Sant’Ana e São Sebastião intercedam por todos.”

Leia mais sobre Bahia no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias