Mulher é agredida e tem a orelha arrancada pelo filho e nora em Pedrão, a 120km de Salvador


Foto: Arquivo pessoal

Uma mulher de 40 anos foi agredida e teve a orelha arrancada após ser atacada pelo filho e pela nora na zona rural da cidade de Pedrão, cidade a 120km de Salvador. O caso aconteceu no sábado (27) e está sendo investigado pela polícia civil.

A vítima, Maria de Fátima Alves, conta que estava passando na rua quando foi avistada pelo casal, que passava de moto. Ela tentou falar com o filho para aconselhá-lo com relação ao uso de drogas e ele acabou caindo da moto. “[Nesse momento] os dois vieram para cima de mim. Ela [a nora] falou ‘passa a moto por cima dessa desgraça’ e ele me deu um soco no rosto”, relata a vítima ao iBahia. 

Depois de golpear a mãe, o rapaz de 23 anos, agarrou Maria de Fátima por trás e a mordeu, arrancando sua orelha. Ela foi socorrida por moradores e levada para o hospital. Essa não foi a primeira vez que Maria de Fátima apanhou do filho. 

O rapaz foi preso em flagrante pela Polícia Civil. Ele foi autuado por lesão corporal dolosa e violência doméstica e familiar, na Delegacia Territorial (DT) de Pedrão, onde segue preso. 

A vítima está se recuperando dos ferimentos e relata que vem sofrendo ameaças da nora. “Ela veio aqui buscar umas coisas dele e disse que vai me matar”, conta Maria de Fátima. Ela afirma que já prestou queixa contra a mulher, mas ainda aguarda a aprovação de uma medida protetiva contra ela.

 Leia mais sobre Bahia em iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.