Sobe para 33 número de mandados cumpridos contra grupo suspeito de fraude em negociação de imóveis e veículos na Bahia


Foto: Haeckel Dias / Ascom-PC

Subiu de 28 para 33 o número de mandados cumpridos nesta quinta-feira (18) contra o grupo investigado pela Polícia Civil por fraude em negociações de vendas de imóveis e veículos na Bahia.

De acordo com a polícia, depois que a etapa inicial da operação foi concluída, outras cinco buscas em escritórios de empresas de fachada foram realizadas em Salvador.

Os estabelecimentos ficam localizados em prédios empresariais na região da Avenida Paralela, na mesma região onde outros mandados tinham sido cumpridos mais cedo.

Documentos, notebooks, computadores e outros dispositivos eletrônicos foram apreendidos ao longo da manhã. Ao todo, 130 policiais participaram da ação.

Batizada de Operação Falso Consórcio, a ação aconteceu também nas cidades de Lauro de Freitas, que fica na região metropolitana, Cruz das Almas, no recôncavo do estado, e Vitória da Conquista, localizada no sudoeste baiano.

Na capital, a operação percorreu os bairros do Dois de Julho, Stiep, Rio Vermelho, Sussuarana, Amaralina, Valéria, São Cristóvão, Caminho das Árvores e as Avenidas San Martim e Paralela. Além de escritórios, as buscas também são realizadas em residências de suspeitos.

Em nota divulgada pela Polícia Civil, o diretor do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), delegado Arthur Gallas, que é responsável pela ação, destacou a importância da coleta do material que foi apreendido.

“As investigações são realizadas pelo DCCP sede, Delegacia do Consumidor (Decon), Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof). Estes materiais apreendidos vão esclarecer ainda mais os fatos apurados e colaborar para a prisão dos autores”, comentou.

Também participam da operação, os Departamentos de Inteligência Policial (DIP), de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e de Polícia Metropolitana (Depom).

Até a última atualização desta reportagem, não havia registro de prisões.

Fotos: Haeckel Dias / Ascom-PC
Foto: Haeckel Dias / Ascom-PC

Leia mais sobre Bahia em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.