Brasil

Demorou, mas chegou: nadador Bruno Fratus é bronze nos 50m livres

Nadador tirou 'peso das costas' do Rio 2016 e consagrou a carreira com a tão sonhada medalha olímpica

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nas Olimpíadas do Rio 2016, o nadador Bruno Fratus ficou lembrado por dar uma resposta nada agradável a uma repórter. Após ficar em sexto lugar na final dos 50m livres, ele foi sarcástico ao dizer que estava 'felizão' com o seu rendimento. Cinco anos depois, em Tóquio, Fratus conquistou o bronze na mesma modalidade e levou a sua tão sonhada - e suada - medalha olímpica.

Ele já era medalhista em três campeonatos mundiais consecutivos e contava com os Jogos Olímpicos para consagrar sua carreira. Nas Olimpíadas de 2012, o carioca ficou 'no quase': ele chegou em quarto lugar e não garantiu medalha. Em 2016, lesionado, a chegada em sexto quase o fez se aposentar naquele mesmo ano.

Após o baque, sua esposa e técnica, junto com amigos e familiares, o ajudaram a se reerguer. "Eu espero que a minha trajetória inspire. Que alguém, vendo minha trajetória, aprenda sobre trabalho, fazer escolhas, escolhas certas, seriedade e resiliência. Essa é a palavra-chave desse caminho todo", disse em entrevista ao Globo Esporte, dessa vez, realmente 'felizão'.

Clique aqui para conferir o quadro de medalhas do Brasil atualizado.

Veja vídeos das diferentes reações nas Olimpíadas de 2016 e de 2020: