Eleições 2022: conheça os candidatos ao governo da Bahia confirmados pelos partidos


Urna eletrônica
Foto: Pedro Sampaio/Ascom TRE-BA

O prazo para que os partidos confirmassem os nomes que irão disputar as eleições de 2022 acabou no dia 5 de agosto. Dentro do período em que era possível oficializar as candidaturas, seis nomes foram definidos para concorrer ao cargo de governador da Bahia. Todos são homens. Confira abaixo os nomes e saiba quem são eles:

ACM Neto

Foto: Reprodução/Instagram

Nascido em Salvador em 1979, Antônio Carlos Magalhães Neto é mais conhecido como ACM Neto. Ele é formado em direito e iniciou sua carreira na política ainda cedo, seguindo o avô, Antonio Carlos Magalhães, que foi governador da Bahia por três mandatos, senador por dois mandatos e prefeito de Salvador.

Em 2002, ACM Neto foi eleito deputado federal pela primeira vez, aos 23 anos, sendo o mais votado da Bahia. Exerceu três mandatos na Câmara depois disso. Em 2012, foi eleito prefeito de Salvador aos 33 anos. Em 2016, aconteceu a reeleição, com 74% dos votos. Deixou o cargo em 2020.

Sua candidatura para as eleições deste ano foi oficializada pelo partido União Brasil durante convenção coletiva realizada em Salvador no dia 5 de agosto.

Giovani Damico

Foto: Reprodução/Instagram

Giovani Damico tem 29 anos, mas completa 30, idade mínima para o cargo, antes da votação. Ele nasceu no município de Santa Cruz das Palmeiras, no interior de São Paulo, e mora na capital baiana desde os 3 anos de idade.

Giovani é casado e tem uma filha. Ele é geógrafo, e professor da rede básica de ensino na rede estadual. Iniciou a militância no movimento estudantil da Universidade Federal da Bahia (Ufba), e ajudou a fundar um dos núcleos da União Juventude Comunista em Salvador.

Giovani foi candidato a vereador da capital em 2020, e concorre pela primeira vez ao cargo de governador do estado.

O candidato teve a participação na disputa pelo governo da Bahia neste ano confirmada pelo PCB durante convenção realizada em Salvador no dia 2 de agosto.

Jerônimo Rodrigues

Foto: Reprodução/Instagram

Nascido na cidade baiana de Aiquara, Jerônimo é gestor público, engenheiro agrônomo e professor licenciado da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O candidato tem 57 anos, é casado e tem um filho de 20 anos.

Jerônimo ingressou em 2019 na Secretaria Estadual da Educação, onde ficou até o anúncio da pré-candidatura ao governo nestas eleições. Antes disso, ele foi o titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Jerônimo também já foi ministro do Desenvolvimento Agrário, na gestão da presidente Dilma Rousseff, e secretário nacional da pasta, durante a gestão do ex-ministro Afonso Florence 

Além disso, ele também atuou como assessor especial da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e da Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia.  

A candidatura de Jerônimo ao cargo de governador da Bahia foi oficializada pelo PT durante convenção realizada também em Salvador no dia 30 de julho.

João Roma

Foto: Reprodução/Instagram

João Roma nasceu em Recife, capital de Pernambuco, em 1972, e, depois de 30 anos, em 2002, ele se mudou para Salvador. Na capital da Bahia, Roma se casou com a baiana Roberta de Araújo Costa, com quem tem dois filhos. Ele é formado em Direito e acumulou experiência política ao longo dos anos.

Em 1993, foi presidente do PFL Jovem de Pernambuco. Em 1996, em Brasília, participou da fundação Nacional do movimento da juventude partidária, sendo o primeiro presidente nacional do PFL Jovem. Foi chefe de gabinete na Prefeitura de Salvador no período de 2013 a 2018.

Também acumula atuações como assessor, delegado e chefe de escritório e gabinete em governos em Pernambuco, Salvador e nacionalmente.

No ano de 2018, Roma foi eleito deputado federal pela Bahia. Seguiu no cargo até 2021, quando assumiu o Ministério da Cidadania, no governo de Jair Bolsonaro. No entanto, ainda no primeiro semestre de 2022, ele deixou o cargo para se candidatar nas eleições na Bahia.

O nome dele foi oficializado como candidato ao governo baiano pelo partido PL durante convenção coletiva realizada em Salvador no dia 22 de julho.

Kleber Rosa

Foto: Reprodução/Instagram

Nascido em Salvador, Kleber Rosa é cientista social graduado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), especialista em Educação Inclusiva e Diversidade, mestre em Educação de Jovens e Adultos (EJA) pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), professor de Sociologia da rede estadual de ensino, investigador da Polícia Civil, fundador do Movimento dos Policiais Antifascismo e ativista do movimento negro.

Atualmente, Kleber também é diretor da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (FETRAB), Secretário de Comunicação do PSOL e dirigente nacional também do Partido Socialismo e Liberdade.

Aos 48 anos, ele é casado com a historiadora e também professora, Aline Farias, pai de Luanda, 10 anos, e de Fidel, 25 anos. As eleições deste ano marcam a estreia de Kleber na disputa por um cargo.

Sua candidatura ao governo da Bahia foi confirmada pelo PSOL durante convenção realizada em Salvador no dia 29 de julho.

Marcelo Millet

Foto: Divulgação

Nascido em 1986, Marcelo Millet é um operário que atualmente atua como motorista de aplicativos. Ele começou a militar no PCO em 2017. Em 2020, Millet foi candidato pelo PCO a vice-prefeito de Salvador. 

Sua candidatura foi oficializada pelo PCO no dia 5 de agosto, durante convenção realizada em Salvador.

Leia mais sobre Eleições 2022 em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias