Senado: confira entrevistas com os seis candidatos ao cargo


Arte: Lucas Andrade / iBahia

Durante a última semana, finalizado na segunda-feira (12), o iBahia e a Bahia FM transmitiram entrevistas com os seis candidatos ao Senado pela Bahia. A ordem dos bate-papos foi definida em sorteio na presença dos assessores dos partidos.

O jornalista Emmerson José conversou com os candidatos durante 20 minutos cada. As entrevistas foram ao ar no ‘Direto da Redação’, da Bahia FM, e no YouTube do iBahia.

Confira abaixo a íntegra das entrevistas, em ordem de transmissão:

“Da candidatura ao Senado o que eu posso afirmar para você e para vocês que estão nos ouvindo e nos vendo é que tem sido um prazer poder fazer esse caminho, poder estar caminhando pela Bahia ao lado de ACM Neto, recebendo o carinho das pessoas, vendo o interesse das pessoas com a política”

“O Senado ele veio como uma resposta ao apelo popular. As primeiras pesquisas que foram feitas pelos pelos partidos em junho de 2021 me colocavam com 33% da intenção de votos espontâneos na Bahia. Eu só estava atuando, me posicionando, protegendo cuidando das pessoas como secretária, como médica”

O nosso partido é um partido pequeno, mas bastante valente e estamos aí nesse pleito porque vimos a necessidade de representação popular clamando. Nós temos aí como concorrentes três candidatos, que tem ou perfil bolsonarista ou um perfil coronelista histórico

“A minha candidatura foi uma decisão do partido, que é o partido da mobilização nacional, que achou interessante para o eleitor baiano lançar uma candidatura independente ao Senado da Bahia. Hoje nós temos alguns candidatos que representam os setores das oligarquias mais antigas do nosso Estado”

“No senado federal, nesse período, eu me elegi em 2014, tomei posse em fevereiro de 2015 e atuei no senado em quatro grandes comissões super importantes. A primeira dela foi a comissão de Meio Ambiente. eu defendo o meio ambiente, eu defendo sobretudo as águas”

Eu sou candidato a Senador da República do Brasil pela Bahia para representar ao congresso nacional, ao Senado Federal, as reivindicações dos trabalhadores dos desvalidos, dos esquecidos pelo sistema capitalista, das mulheres, dos pretos, dos LGBTs, das pessoas que são esquecidas pelo sistema

Leia mais sobre Eleições 2022 em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.