Raízes de Veveta

Às vésperas do especial 50 anos, amiga de infância de Ivete recorda: ‘A gente tocava o terror’

O iBahia embarcou até Juazeiro para conhecer de perto a história da artista

Lucas Sales, em Juazeiro
25/05/2022 às 11h59

4 min de leitura
Foto: Lucas Salles

Outdoors, músicas, fundos de TVs e mais: a três dias do show histórico às margens do Rio São Francisco, a cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, respira Ivete Sangalo. O iBahia embarcou até a terra natal da artista para conhecer mais de perto a história de uma das maiores estrelas do país.

Ivete já está em terras juazeirenses desde a última segunda-feira (23). A presença da cantora, inclusive, tem atraído multidões para o bairro onde ela morou até a adolescência: o Country Clube. Logo de cara, ao chegar no local, é possível ver a estátua do pai da artista, Alsus Almeida de Sangalo, no meio da praça do bairro.

Turistas e conterrâneos como dona Iraci, hoje com 83 anos, a primeira dentista da cantora, fazem questão de passear pelo espaço e posar em frente à grande estrutura de metal.

Dona Iraci e amigas em frente à estátua do pai da cantora Ivete Sangalo Foto: Lucas Salles

Infância

Foi na Rua Almirante Tamandaré que Ivete cresceu e se “criou”. Sempre moleca, a artista passeou pelo bairro e revisitou amigos do passado na noite de terça (24). Por causa dos estudos, a enfermeira e empreendedora, Tatiana Benevides, acabou não vendo a velha amiga, mas ela fez questão de relembrar as travessuras que aprontava com a artista quando criança, além de enaltecer a vizinha por tudo o que ela representa.

“A gente brincava, andava de calcinha, corria pelo bairro, éramos muito unidas de brincadeira de rua mesmo. Naquela época, era massa brincar de esconde-esconde, cabo de guerra, tomávamos muito banho no rio”, disse ela em entrevista ao iBahia.

Foto: Reprodução / Rafa Mattei

“O que eu mais admiro é que ela sempre foi uma menina inquieta, danada, eu também fui muito parecida com ela, então a gente tocava o terror. Ela sempre gostou muito de tocar [instrumentos] e o que eu mais admiro nela é essa força”, relembra.

“Ela tinha uma família estruturada, que foi pra Salvador e com todas as dificuldades conseguiu persistir e está aí hoje o que é: um fenômeno. Ela é a única artista que eu tenho vontade de olhar e perguntar: você lembra de mim?!”, disse Tatiana.

Rodrigo Guerra e Tatiana Benevides, amigos de infância de Ivete Sangalo / Foto: Lucas Salles

Mais uma comemoração adiantada

Sem superstições, a cantora reuniu familiares e amigos íntimos para mais uma celebração adiantada. Tudo aconteceu na noite de terça, na casa de dona Wilma e seu Geraldo.

Acompanhada do marido, o nutricionista Daniel Cady, do filho, Marcelo, de 12, das gêmeas Marina e Helena, de 3, de uma babá e da irmã, Cíntia Sangalo, a cantora bateu parabéns e se emocionou com as pessoas presentes.

Foto: Reprodução / Redes sociais
Foto: Reprodução / Redes sociais
Foto: Reprodução / Redes sociais

Tatiana Benevides também entregou que Veveta entrou na antiga casa e se emocionou ao ver que móveis, como o guarda-roupa, ainda estão intactos no local. Ela também mostrou o rio onde se banhava com “mainha” na infância.

Rua onde Ivete Sangalo morou. Foto: Lucas Salles
Rio onde Ivete tomava banho. Foto: Lucas Salles
Casa onde Veveta viveu até a adolescência. Foto: Lucas Salles

Festa em Juazeiro

Ivete vai comemorar a chegada dos 50 anos em grande estilo na próxima sexta-feira (27). Com uma mega estrutura montada às margens do São Francisco, a artista planeja fazer um show histórico. O evento terá 3 horas de duração e será transmitido pela TV Globo, logo após a novela ‘Pantanal’. Veja abaixo a estrutura do palco:

Foto: Lucas Salles

Para saber todos os detalhes do evento, clique aqui.

Leia mais sobre o Especial Ivete 50 anos no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias