Dunga é alvo de chacota em charge criada por jornal espanhol


A segunda vez de Dunga no comando da seleção brasileira não passou em branco na Espanha. O jornal “Mundo Deportivo” publicou uma charge e fez questão de ironizar a campanha e a forma de trabalho do ex-técnico enquanto ele esteve à frente da equipe, eliminada ainda na primeira fase da Copa América Centenário 2016. Dunga – vale lembrar – foi demitido na terça-feira, e Tite assumiu o cargo.

No desenho, a publicação catalã colocou Dunga e um torcedor do Brasil com a seguinte frase em uma camisa canarinha: “jogo bonito”. A pergunta do adepto foi se, agora, o jogo bonito poderia regressar, já que o técnico deixou o comando.

Dunga foi personagem de charge irônica, criada por jornal espanhol Foto: Reprodução / Mundo Deportivo

Dunga assumiu pela primeira vez a seleção brasileira em 2007, após a fracassada campanha da equipe na Copa do Mundo de 2006 (foi eliminada nas quartas de final pela França). O gaúcho foi demitido pouco depois do Mundial de 2010 e responsabilizado pela eliminação contra a Holanda, nas quartas de final. Ainda assim, conseguiu vencer a Copa América de 2007 e a Copa das Confederações de 2009.

A segunda passagem ficou muito abaixo do esperado. Escolhido mais uma vez para renovar o Brasil depois da péssima campanha na Copa do Mundo de 2014, ele não conseguiu levar o time ao título da Copa América 2015. A equipe foi eliminada nas quartas pelo Paraguai, nos pênaltis. Na sua última entrevista no cargo, logo após a derrota por 1 a 0 para o Peru, no domingo, Dunga falou que não tinha medo de ser demitido.

– Só uma coisa que eu temo, que é a morte. Não tenho medo de ser demitido. O Brasil em um ou dois anos nós queremos que as coisas se resolvam. Tem que ter paciência, tem que persistir e ter consciência no que está fazendo – afirmou.

Dunga foi demitido dois dias depois, após desembarcar com a delegação no Brasil.