Festival da Virada

Gigante agita Festival da Virada e fecha terceira noite de shows

Léo Santana foi a última atração a subir no palco do Festival da Virada

Priscila Natividade, do Correio 24 horas (priscila.natividade@redebahia.com.br)
Não só as santinhas, mas também as novinhas aguardaram o gigante Léo Santana até altas horas da madrugada. A última atração a subir no palco do Festival da Virada, o cantor fez com que o grupo de amigos Natália Campos, Mateus Santos, Vânia Bispo e Gilda Campos descesse de sacola térmica e tudo do bairro da Boca do Rio com a cerveja gelada garantida. A promessa era não “dar PT”, sem que Léo Santana entrasse no palco. “Ele é um gato, maravilhoso e representa”, derreteu-se Natália. “Ele é estourado demais. Não tenho palavras para explicar o que sinto por Léo Santana. O Carnaval é dele”, completou Mateus.
E o carnaval do gigante realmente promete. Pelo segundo ano, quatro sucessos de uma vez só já estão na boca da galera antes mesmo da folia começar. “Dia de maldade”, “Várias novinhas”, “Encaixa” e “Vai dar PT” não ficaram de fora do repertório. “Benção total ver várias músicas ao mesmo tempo fazendo tanto sucesso. A gente vem batalhando bastante para montar um repertório e isso é muito bom. Faz a gente chegar com uma vitrine maior do nosso trabalho e isso é ainda mais especial quando se fala em carreira solo”, avalia o cantor.
Léo Santana amanheceu o dia 31 de dezembro cantando e agitando Festival Virada Salvador
(Foto: Gabriela Cruz / CORREIO)
Em 2018, a ideia é rodar o Baile da Santinha – que começa oficialmente no dia 5 de janeiro – pelo Brasil inteiro. Inclusive, no segundo semestre de 2018, Léo Santana quer gravar um novo DVD. “Estamos resolvendo ainda qual será o local do DVD. Temos um trabalho sólido em Salvador e a gente quer expandir isso para outras praças. Mas salvador não está descartada como um dos possíveis locais. Estamos pensando tudo com muito carinho”.
Durante a coletiva de imprensa, a volta do namoro com a dançarina Lorena Improta também rendeu: “O povo vai falar sempre que é marketing mas eu estou preparado e muito tranquilo sobre isso. Eu prefiro não absorver coisas negativas. Procuro absorver só o que é bom para gente”, disse.