‘Operação Petúnia’: novos mandados de prisão e busca e apreensão são cumpridos em Ibotirama


Foto: Ascom PC/ Natália Verena

A Polícia Civil realiza, na manhã desta sexta-feira (23), a segunda fase da ‘Operação Petúnia’ na cidade de Ibotirama, na Bahia. As ações tem como objetivo investigar e identificar os mandantes do crime que resultou na morte de um cabo eleitoral da região, chamado Marcello Leite Fernandes, de 39 anos, em julho deste ano.

De acordo com informações da corporação, oito mandados de busca e apreensão e mandados de prisão estão sendo cumpridos no centro da cidade e em uma aldeia indígena da região. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalha com diversas linhas de investigação, isso porque há possibilidade do crime ter sido motivado por desentendimentos a respeito da política local entre a vítima e um dos investigados, sem descartar outras possíveis motivações, a exemplo de disputas de terras.

Na primeira fase, um vereador, presidente da Câmara de Vereadores do município, e um policial militar apontado como seu comparsa foram presos. Eles seguem custodiados à disposição da Justiça.

Foto: Ascom PC/ Natália Verena

“Após as duas primeiras prisões conseguimos elementos diante da análise do material apreendido, da escuta de testemunhas e oitivas, de modo a alcançar outros envolvidos no grupo criminoso. Os cumprimentos de hoje vão robustecer, ainda mais, a nossa investigação”, ressaltou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro.

A ação conta com a participação de policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Polícia Federal (PF), do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Prisões

Um homem, de identidade não revelada, teve o mandado de prisão cumprido na manhã desta sexta, no bairro Pinheiro. O suspeito, que é investigado por ter pilotado a moto no dia do crime, também foi autuado em flagrante por posse ilegal de armas.

A polícia acredita que a pistola calibre 38, possivelmente foi a utilizada no dia da morte de Marcello Leite Fernandes. A arma será períciada. Uma espingarda e seis munições também foram encontradas na residência do acusado.

Foto: Ascom PC/ Natália Verena
Foto: Ascom PC/ Natália Verena

Leia mais sobre Bahia no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias