Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Salvador

'Ainda com muito medo', diz homem espancado por PM em bar na Pituba

Vítima que foi agredida por PM em um bar, enquanto comemorava aniversário, falou pela 1ª vez sobre o caso

Iamany Santos • 18/06/2024 às 8:28 • Atualizada em 18/06/2024 às 10:16 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Homem que foi espancado por um policial militar durante uma discussão em bar na Pituba, bairro de Salvador, falou do caso pela primeira vez após a situação. A vítima afirma que está assustada e que este medo foi o que o impediu de denunciar o caso após o ocorrido.


				
					'Ainda com muito medo', diz homem espancado por PM em bar na Pituba
'Ainda com muito medo', diz homem espancado por PM em bar na Pituba. Foto: Reprodução/Redes sociais

"Por se tratar de um policial a gente fica com medo de acontecer alguma coisa com a gente [É] um cara armado, entendeu?. Então, tudo isso, fez com que eu ficasse com medo de fazer um boletim de ocorrência na ocasião", contou ele, em vídeo enviado para a TV Bahia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

A vítima detalha ainda que desenvolveu uma ansiedade ao andar na rua e que não consegue andar desacompanhado. "Fisicamente, eu estou melhor. Mas psicologicamente, ainda estou com muito medo. [Sinto] desespero ao sair de casa, quando saio é de carro ou táxi... [Quando estou] sozinho, a pé, ainda tenho esse medo dentro de mim", afirma ele.


				
					'Ainda com muito medo', diz homem espancado por PM em bar na Pituba
'Ainda com muito medo', diz homem espancado por PM em bar na Pituba. Foto: Reprodução/ TV Bahia

O caso aconteceu no dia 6 de junho, mas um vídeo da situação começou a viralizar nas redes sociais na última quarta-feira (12). Nas imagens, registradas por uma câmera de segurança, é possível que o policial, que é cabo da Polícia Militar (PM), agride a vítima com socos e chutes. Em certo momento, ele chega a apontar uma arma para a cabeça da vítima.

O PM foi identificado como Danilo Oliveira Machado, pela delegada Marita Souza, responsável por investigar o caso, na quinta-feira (13). Ele é lotado na 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Valéria). O agente de segurança e a vítima foram ouvidos pela polícia ainda na última quinta.

Testemunhas contam que confusão em bar na Pituba começou devido a imagens no celular do PM

Inicialmente, a vítima, que comemorava o aniversário quando foi agredido, não se lembrava do motivo da discussão e como a agressão teria acontecido. Porém, conforme relato de testemunhas para a polícia, a confusão teria começado porque o militar queria mostrar imagens de pessoas mortas para quem estava na mesa.

"A partir daí houve provocações dos dois lados e acabou resultando na agressão toda que podemos ver no vídeo", relatou a delegada Marita Souza.

Uma das testemunhas acionou a polícia durante a briga. Ao chegarem no local, os policiais militares chegaram no local, o agressor negou para os colegas de trabalho que tinha acontecido uma confusão no bar e eles foram embora.

A situação foi flagrada por uma câmera de segurança e viralizou nas redes sociais. As imagens mostram que o homem foi agredido por quatro minutos e chega a cair no chão, enquanto recebe chutes na cabeça. Veja o vídeo:

Vídeo: Reprodução/Redes sociais

Outros três homens presenciam a agressão e tentam afastar o agressor, mas não conseguem. À TV Bahia, o dono do bar informou que a vítima e o suspeito eram clientes do estabelecimento. Ele também não soube dizer o motivo das agressões, mas afirmou que um funcionário presenciou o crime, se assustou e fechou o local.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança