Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
Whatsapp Whatsapp
Segurança

PM-BA colocará 29 mil policiais nas ruas durante o Carnaval 2024

Operação de Segurança para o Carnaval 2024 foi divulgada nesta terça-feira (23)

Mari Leal • 23/01/2024 às 10:13 • Atualizada em 23/01/2024 às 10:51 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Vinte e nome mil policiais militares atuarão na Operação Carnaval 2024 em toda a Bahia. Os agentes atuarão no monitoramento dos eventos em pelo menos 75 cidades baianas, incluindo festas que antecedem a folia momesca em Salvador - Festa de Iemanjá, Fuzuê, Furdunço e Pipoco. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (23).


				
					PM-BA colocará 29 mil policiais nas ruas durante o Carnaval 2024
Operação de Segurança para o Carnaval 2024 foi divulgada nesta terça-feira (23). Foto: Rafael Rodrigues/PMBA

De acordo com a Polícia Militar, os profissionais que irão atuar durante o Carnaval participaram de um curso de capacitação promovido pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). O objetivo é incorporar metodologias de atendimento humanizado nas práticas dos agentes de segurança.

Leia mais:

O comandante-geral da PMBA, coronel Paulo Coutinho, enfatiza a importância do planejamento estratégico para garantir um ambiente seguro durante o evento.

"O compromisso da PMBA é proporcionar um Carnaval tranquilo, e o efetivo reforçado contribuirá para a segurança e ordem pública, atendendo às necessidades específicas de um evento de grande porte como o Carnaval", diz.

Investigação descaracterizada

Para o período carnavalesco, a Polícia Civil também irá incrementar a ação de presença de equipes veladas e policiais disfarçados como foliões. Iniciada em 2023, a estratégia contará com mais de 200 agentes nas ruas a cada dia de festa. Cerca de 3,5 mil profissionais da PC atuarão durante a festa nas cidades baianas.

As equipes descaracterizadas estarão em campo, monitorando os circuitos e contando com observadores em catorze postos estratégicos. Durante as abordagens, os policiais civis terão identificação clara para evitar situações de dúvida, baseando-se no trabalho dos observadores. Além disso, um sistema de troca de mensagens está programado para receber informações em tempo real sobre o que está ocorrendo nos circuitos, permitindo o deslocamento rápido das equipes para prisão e condução de indivíduos envolvidos em delitos durante o evento, revela a Polícia Civil.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança