Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
Whatsapp Whatsapp
Investigação

Polícia investiga terceiro estupro no Carnaval de Salvador

Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (14), depois que a vítima deixou a festa

Alan Oliveira • 14/02/2024 às 18:08 • Atualizada em 14/02/2024 às 19:15 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Chegou a três nesta quarta-feira (14) o número de estupros ocorridos no Carnaval de Salvador deste ano. O caso mais recente também é apurado pela Polícia Civil (PC).


				
					Polícia investiga terceiro estupro no Carnaval de Salvador
Trio é preso por aplicar golpe de quase R$ 1 milhão em hotéis na Bahia. Foto: Ascom-PC

Informações iniciais são de que a vítima teria sido abusada após deixar o circuito Dodô (Barra-Ondina), durante a madrugada. A polícia não detalhou as circunstâncias do crime.

Leia mais:

O caso foi registrado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) da Casa da Mulher Brasileira.

Em nota, a polícia informou que a vítima já foi ouvida, fará exames para a investigação e está sendo acompanhada por uma equipe multidisciplinar da unidade.

"Detalhes não serão divulgados em respeito à legislação aplicada a casos de crimes contra a dignidade sexual", diz a nota.

Mais cedo, antes da confirmação do crime, o secretário de Segurança Pública (SSP), Marcelo Werner, se posicionou sobre os outros dois casos. Durante uma coletiva de imprensa sobre a festa, o gestor comentou as investigações.

"Assim que a gente tomou conhecimento desse evento, que inicialmente a gente se solidariza com as famílias e as vítimas, tomamos todas as medidas necessárias para a investigação. O fato já está sob investigação e a rede de apoio às vítimas também já está acompanhando elas", contou.

O secretário reforçou a posição do governo sobre os casos, e novamente se solidarizou com as vítimas.

"Estamos já preparando a melhora no planejamento para evitar ocorrências dessa natureza. Ocorrências dessa natureza não podem acontecer de forma alguma. A gente lamenta profundamente".

Para a festa do ano que vem, Werner garantiu uma intensificação da segurança, principalmente com relação aos abusos sexuais.

"Durante o próprio processo do Carnaval, é muito adaptável a operação. Uma operação muita complexa. Foi a maior operação de todos os tempos, com diversos fatores diferentes. Lógico que a gente vai trabalhar muito na prevenção. Esse ano a gente também trabalhou na prevenção, mas no próximo ano vamos trabalhar mais".

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança