Balanço da Lei Seca: 600 condutores abordados na última semana


Seiscentos condutores foram abordados durante as blitzes da Lei Seca realizadas pela Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador) na última semana, nos dias 20, 21, 24, 25 e 26. Destes motoristas, 23 cometeram crime de trânsito, ao apresentar teor alcoólico igual ou superior a 0,30 mg por litro de ar expelido.

Um condutor foi penalizado administrativamente por ser flagrado no bafômetro com até 0,29 mg de álcool. Quatro motoristas foram autuados por recusar a fazer o exame e outros 68 foram autuados por infrações diversas . Quem se nega a usar o bafômetro é notificado por recusa, presumindo-se que o condutor bebeu segundo os termos da Lei 11.705, e é autuado em R$957,69, além de ter a CNH recolhida ao Detran. Caso não apresente um condutor que não tenha ingerido álcool ou qualquer outra droga para levar seu carro, o veículo é rebocado para o pátio da Transalvador.

Foram recolhidas 37 Carteiras Nacionais de Habilitação e 16 veículos foram removidos ao pátio da Transalvador. Ao ter seu carro rebocado, o motorista deve pagar R$ 111 de taxa de guinchamento mais R$25,00 de estada por cada dia no pátio da Gerência de Trânsito da Transalvador.