Esposa diz que motorista por aplicativo que sumiu após aceitar corrida em Salvador foi sequestrado e teve dinheiro roubado


Foto: Acervo Pessoal

A esposa do motorista por aplicativo que desapareceu após aceitar uma corrida em Salvador contou que ele foi sequestrado por criminosos e por isso não havia voltado para casa. Segundo a jornalista Ana Carolina, a vítima ainda teve dinheiro roubado pelo grupo.

As informações foram passadas durante entrevista à TV Bahia. O relato teria sido feito a Ana Carolina pelo esposo, depois que ele foi encontrado na tarde de terça-feira (16). O homem estava desaparecido desde a madrugada da segunda (15).

De acordo com a versão, os criminosos teriam transferido o dinheiro que o motorista tinha de economias para eles, mas não chegaram a agredir a vítima. No entanto, não foram dados mais detalhes sobre como aconteceu a ação e nem sobre o valor transferido.

Edivaldo Cunha da Silva, de 37 anos, foi achado no Vale do Ogunjá, em Salvador, na mesma região onde o carro dele havia sido encontrado horas antes. O veículo foi levado para o Departo de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e deve ser encaminhado para perícia no Instituto Médico Legal (IML).

O caso é investigado pela Polícia Civil. Ainda não há informações sobre autoria do crime.

Leia mais sobre Salvador em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.