Postos de saúde voltam a funcionar em Nordeste de Amaralina quatro dias após tiroteio no bairro


Foto: Reprodução/ TV Bahia

Os postos de saúde do bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador, voltaram a funcionar nesta sexta-feira (19), quatro dias após um tiroteio atingir casas, creche e uma igreja na região.

Os moradores da região podem buscar atendimento na USF Menino Joel, USF Professor Sabino Silva e USF Santa Cruz.

A retomada vem acontecendo de forma gradual. Enquanto os postos voltaram a funcionar, as aulas seguem suspensas em 14 escolas do bairro, afetando quatro mil estudantes.

Na última quinta-feira (18), a Secretaria Municipal de Educação (Smed) informou em nota ao iBahia que a decisão de manter o funcionamento suspenso seguiria “até a situação de segurança voltar ao bairro”.

Sobre o caso

O tiroteio que causou transtornos no bairro do Nordeste de Amaralina aconteceu na manhã da segunda-feira (15). A ação envolveu criminosos e policiais militares.

Em nota enviada ao iBahia no início da semana, a Polícia Militar informou que agentes da 40ª Companhia Independente (CIPM) realizavam rondas no bairro da Santa Cruz quando encontraram um grupo de homens armados, que atiraram na guarnição, na altura da localidade conhecida como Beco das Pedras.

A PM informou que houve revide e, após a troca de tiros, os suspeitos fugiram, com registro de feridos.

Na quarta-feira (17), moradores relataram um suposto toque de recolher imposto por traficantes. A informação não foi confirmada pela Polícia Militar, que garante ainda que o policiamento na região segue reforçado.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: