Saúde

Saiba como aproveitar as festas juninas com moderação

É preciso tomar cuidado para que a alegria não vire lamentação

Agência, O Globo
O dia de São João só é celebrado na segunda (24), mas as festas juninas já se espalham pela cidade. A fartura de comidas, a vestimenta a caráter e as brincadeiras fazem dessa comemoração uma das preferidas dos brasileiros. Mas, é preciso tomar cuidado para que a alegria não vire lamentação.
A oferta de guloseimas faz muita gente meter o pé na jaca e comer mais do que deveria.
— O ideal é equilibrar o cardápio, por exemplo, escolhendo dois tipos de doces e dois tipos de salgados, mas sempre pedaços ou porções pequenas. Não exagere nos carboidratos (farinhas e açúcares) e na gordura (frituras) — aconselha a nutricionista Ethel Santos.
Quando o assunto é a alimentação das crianças, o cuidado deve ser ainda maior.
— Os pais podem oferecer milho cozido no lugar do tradicional cachorro quente, pois a salsicha contém substâncias não adequadas — recomenda Patrícia Rezende, pediatra do Grupo Prontobaby.
Na hora de se produzir para a festa, é preciso escolher bem a vestimenta. Nos pequenos, dê preferência em usar tecidos de algodão por debaixo da roupa caipira. Antes de passar a maquiagem, prepare a pele com um hidratante próprio para a pele deles.
— Com o fortalecimento da barreira cutânea, há redução do potencial alergênico das substâncias — explica a dermatologista Ana Carolina Sumam.
Se algum acidente com fogo acontecer durante a festa, é preciso saber como agir.
— Resfrie o local com água corrente. Se alguém estiver em chamas, faça-a rolar no chão e jogue água. Não passe nada sobre a área queimada. Enrole com um pano seco e limpo e leve a pessoa para o hospital — orienta José Adorno, presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras.
Confira, a seguir, as dicas de especialistas para curtir a festa tomando os cuidados necessários para que a alegria não se transforme numa dor de cabeça.

Comidas e bebidas
- O milho é o alimento típico das festas juninas mais indicado para consumo. É preciso ter cuidado com a quantidade de sal e manteiga
- Opte sempre por bolos e outros "doces" que não tenham açúcar em sua preparação
- Separe apenas um momento da festa para se alimentar, isto evita que você coma demais
- Evite bebidas com excesso de açúcar, como refrigerantes
- Se for consumir bebida alcoólica, nunca faça de estômago vazio, sempre coma algum tipo de salgado. Intercale o consumo com copos de água
- Alimentos como pipoca apresentam risco de broncoaspiração principalmente para crianças abaixo de quatro anos
- Os doces não são recomendados para crianças abaixo de 2 anos devido à presença de açúcar
- Tenha cuidado redobrado com alimentos e bebidas quentes nessa época do ano, para não queimar a boca ou as mãos

Cuidados com a pele
- Como os tecidos das roupas de festa junina, na maioria das vezes, são feitas de tule ou fitas, a indicação é usar uma roupa de tecido de algodão por baixo, para evitar possíveis alergias
- Em crianças, evite o super aquecimento com roupas de mangas compridas se não estiver frio.
- As maquiagens, nas crianças, devem ser produtos especificamente feitos para elas, com selo do Inmetro. Já os adultos devem ser hipoalergênicas. Tintas hipoalergênicas também podem ser usadas para pintar o rosto das crianças
- Evite passar maquiagem em crianças menores de três anos
- Tire a maquiagem assim que voltar da festa junina. Nunca durma com as pinturas no rosto, pois isto aumenta as chances de desenvolver alergias. No caso das crianças, os desmaquilantes devem ser específicos para elas

Medidas de segurança
- Fique pelo menos o dobro da sua altura de distância da fogueira. Ela deve estar, de preferência, em algum canto da festa que não atrapalhe a circulação de pessoas
- Crianças devem ser sempre acompanhadas por um adulto. Idosos também precisam de supervisão, assim como pessoas com alguma doença que possa causar queda
- Nunca manuseie produtos inflamáveis ou explosivos perto da fogueira, mesmo que pareça que não esteja acesa
- Evite soltar fogos e rojões, principalmente com as mãos. Há um grande risco de acidentes graves no rosto e nos membros superiores
- Em casos de acidentes e queimaduras, faça os procedimentos de primeiros socorros e vá a uma emergência
- Soltar balões é crime e pode causar grandes incêndios, principalmente em áreas de mata