Veja vídeo

Com Glória Pires na plateia, Balé Folclórico da Bahia reestreia em Salvador

Apresentação aconteceu no Teatro Miguel Santana, localizado no bairro do Pelourinho, em Salvador, na noite desta sexta-feira (29)

Lucas Sales
29/04/2022 às 21h13

3 min de leitura
Foto: Lucas Salles

O Balé Folclórico da Bahia retornou aos palcos na noite desta sexta-feira (29), depois de dois anos de interrupção das atividades por causa da pandemia da COVID-19. A apresentação aconteceu no Teatro Miguel Santana, localizado no bairro do Pelourinho, em Salvador.

Com uma visita ilustre na plateia, a da atriz Glória Pires, o grupo performou coreografias clássicas e arrepiou os pelos de quem marcou presença no espetáculo. Orlando Morais, marido da artista, também prestigiou o número.

Eufórica pós-apresentação, Glória Pires rasgou elogios ao espetáculo. “Eles arrasam! Que espetáculo maravilhoso! Não tenho palavras para descrever o que assisti. É uma emoção, não conseguimos ficar parados. É uma coisa eletrizante, emocionante, o coração fica na boca… Os bailarinos são incríveis, os músicos, as cantoras… é tudo tão poderoso. É realmente uma coisa única, que só se vê aqui.”, disse ela em entrevista exclusiva ao iBahia.

Foto: Genilson Coutinho

Vavá Botelho, diretor do Balé Folclórico da Bahia, também conversou com o repórter Lucas Salles e dividiu a sensação de como é fazer o grupo retornar aos palcos após o período difícil que enfrentaram durante a pandemia.

“O Balé traz de volta o espetáculo que vinha sendo apresentado há 25 anos de forma ininterrupta e esses dois anos deixou a gente sem rumo, foi uma situação muito complicada para todos os bailarinos, toda a companhia, perdemos muita gente do elenco e agora a gente tá reiniciando, fazendo oficinas para tentar trazer algum integrante dessas oficinas que possa ser recrutado para o elenco… ainda estamos em formação”, disse ele.

Foto: Lucas Salles

“O que a gente faz aqui são as manifestações populares folclóricas mais conhecidas como a puxada de rede, o makulelê e um pouco da religiosidade baiana, através das danças dos orixás. O que fazemos aqui tem uma finalidade única de mostrar a beleza dessa religião que é uma das antigas do mundo. Essa é uma forma de homenagear todas as raízes de matrizes africanas que trazem toda a carga da nossa ancestralidade”, finalizou.

Sobre o desenvolvimento do mini-doc que está sendo dirigido por Glória Pires, Vavá destacou que as gravações foram iniciadas nesta sexta e que o produto final deve ser lançado no ano que vem.

Para quem quiser prestigiar o Balé Folclórico da Bahia, haverá apresentações três dias da semana. Os espetáculos acontecerão às segundas, quartas e sextas. A performance terá duração de 55 minutos e os ingressos custam R$ 60.

Serviço
Balé Folclórico da Bahia

Quando: Às segundas, quartas e sextas, a partir do dia 29 de abril
Horário: 19h
Onde: Teatro Miguel Santana, no Pelourinho
Duração: 55 minutos
Ingresso: R$ 60 (meia entrada promocional, válida para todos por tempo determinado).