Corpo de adolescente morto em frente a shopping é sepultado


O corpo adolescente de 17 anos morto a tiros debaixo de uma passarela do Salvador Shopping, na Paralela foi sepultado na tarde deste sábado (3), no Cemitério Quinta dos Lázaros.

Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Tarsis Santos Lima foi baleado no abdômen por um suposto segurança do Salvador Shopping por volta das 22h30 desta sexta.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, testemunhas afirmaram que jovens estavam tentando assaltar uma mulher que atravessava a passarela quando um tumulto teve início. Um homem que estava no local teria ouvido os gritos da mulher e sacado uma arma, atirando na direção da confusão. Um dos disparos atingiu Tarsis, que estava acompanhado de amigos e não teria envolvimento com a tentativa de assalto da mulher.

Ainda conforme o DHPP, testemunhas afirmaram que o autor dos disparos teria sido um segurança do Salvador Shopping, mas a assessoria de comunicação do empreendimento informou que o shopping não mantém vigilantes nas passarelas das imediações, somente no interior do estabelecimento.

Em conversa com o CORREIO, a mãe do Tarsis afirmou que o rapaz estava acompanhado de dois primos, e que eles estavam a caminho de uma festa de partido alto localizada nas imediações do shopping. Segundo os primos da vítima, dois homens vestidos com camisas pretas e calças jeans se aproximaram do trio enquanto eles atravessavam a passarela e atiraram contra Tarsis.

Em seguida, eles teriam dito que confudiram o rapaz com outra pessoa, e que iam buscar ajuda no Salvador Shopping, mas não retornaram. Ainda segundo familiares da vítiuma, um homem que passava em um Ford Fox socorreu o adolescente para o Hospital Roberto Santos.

Tarsis chegou a dar entrada na unidade médica, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda conforme o DHPP, que investiga o caso, o responsável por atirar em Tarsis ainda não foi identificado.

Em nota enviada à imprensa, a assessoria de comunicação do Salvador Shopping negou que algum funcionário do local esteja envolvido no assassinato do adolescente.

Confira na íntegra a nota divulgada pela assessoria de comunicação do Salvador Shopping:

O Salvador Shopping esclarece que não tem nenhum de seus funcionários envolvidos no caso ocorrido na noite de ontem (02/03). Por volta das 22:30h, o shopping tomou conhecimento, através de transeuntes, que havia ocorrido disparos de arma de fogo próximo ao bairro de Pernambués. A polícia se fez presente no local tomando as devidas providências.

*Com informações da repórter Camila Mello